Academiæ

"Me disseram que pensar era ingênuo, e daí? Nossa geração não quer pensar. Pois que pense, a que há de vir."

Piratas do Caribe 4

Título original: (Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides)
Lançamento: 2011 (EUA)
Direção: Rob Marshall
Atores: Johnny Depp, Penélope Cruz, Geoffrey Rush, Ian McShane
Duração: 137 min
Gênero: Aventura

Sinopse:

O capitão Jack Sparrow (Johnny Depp) vai até Londres para resgatar Gibbs (Kevin McNally), integrante de sua tripulação no Pérola Negra. Lá ele descobre que alguém está usando seu nome para conseguir marujos em uma viagem rumo à Fonte da Juventude. Sparrow investiga e logo percebe que Angélica (Penélope Cruz), um antigo caso que balançou seu coração, é a responsável pela farsa. Ela é filha do lendário pirata Barba Negra (Ian McShane), que está com os dias contados. Desta forma, Angélica quer encontrar a Fonte da Juventude para que seu pai tenha mais alguns anos de vida. No encalço deles está o capitão Barbossa (Geoffrey Rush), que agora trabalha para o império britânico.

Análise Contextual:

O filme dessa vez como alguns personagens com choques de ideias, Jack e Angélica (relação conflitante) Barba Negra (lutas contra uma profecia) Barbossa (vingança). Durante a trama podemos notar o pequeno aventureiro interior de cada personagem, como o tema central desse filme é a Fonte da Juventude ouvimos ao longo da historia citações relacionas a vida, morte, juventude e imortalidade. Alem de podemos analisar também um conflito religioso que acontece entre os personagens, espanhois católicos, um missionário catequista, piratas descrentes e no meio disso tudo o Capitão Jack Sparrow.

 – Jack nossa areia nunca para de escorre.  – Barbossa

 – Se não matar um homem de vez em quando esquecem quem eu sou. – Barba Negra

– Sabe quando e me sinto mais perto do Criador? quando vejo o sofrimento e angustia, é aí que o verdadeiro propósito do mundo é revelando. – Barba Negra

– Seria tolice lutar conta o destino mesmo assim fico tentado a tentar. – Barba Negra

– O destino não é tão importante quando a jornada. – Janck

– Na fé há o bastante pra ver, mas escuridão o bastante pra cegar. – Barba Negra

– É melhor não saber, assim se vive como se cada momento será seu ultimo, cada pedaço do seu ser vive pelo mistério do infinito de tudo. – Jack

Opinião pessoal:
O filme, ao contrario do que disseram alguns críticos esta ótimo. Não deixa a desejar em comédia e aventura, em comparação aos anteriores da série o 4º capitulo da saga do mais maluco, carismático e atrapalhado lobo do mar só não tem um orgasmo cinematográfico como em seu 3º longa, onde o Pérola Negra e o Holandês Voador mergulham em um redemoinho no meio de uma tempestade fazendo cais sobre o outro uma chuva de balas de canhão. No mais vale apenas conferir mais uma aventura do Capitão Jack Sparrow.

Navegação de Post Único

3 opiniões sobre “Piratas do Caribe 4

  1. Ilmar Júnior em disse:

    Realmente, o Piratas 4 foi o melhor, em todos os aspéctos!

  2. ô cara, tomara que apareça logo um bendito dum diretor!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: