Academiæ

"Me disseram que pensar era ingênuo, e daí? Nossa geração não quer pensar. Pois que pense, a que há de vir."

Luz, câmera, adaptação!

Nas palavras deles.

Das páginas para a telona.

Não é de hoje que aclamados best-selles estão são “convertidos” para o cinema. Mas essa receita presta? A primeira década do século XXI foi recorde de adaptações e readaptações (remakers), citando apenas alguns claramente conhecidos O Senhor dos Anéis de professor de Oxford J. R. R. Tolkein, a séria de infanto-juvenil Harry Potter de J. K. Rowling que apaixonou até os adultos, Caçador de Pipas um romance do escritor afegão-americano Khaled Hosseini, o único Nobel da língua portuguesa Ensaio Sobre a Cegueira de José Saramago, a séria (melosa) de Stephenie Meyer que foi abertamente criticada pelo famoso escritor Stephen King que também já teve muitos de seu livros levados pro cinema.

Meu filho ganhará mais livros que bonecos dos Power Ranger.

Mas não são apenas os livros que estão na mira dos roteirista e produtores, desde a greve dos roteiristas em 2003 que os fãs dos quadrinhos vêem com expectativa cada anuncio de adaptação feito pelos hollywoodianos. Listando só pra começar o imortal Alan Moore teve muitas de suas obras levadas pro cinema, e foi contra cada adaptação de cada uma delas, chegando a exigir que seu nome não constasse em nos créditos, só listando Do Inferno, A Liga Extraordinária, Constantino, V de Vingança e Watchmen (os narizes empinados que acham que quadrinhos não é leitura aqui vai uma curiosidade, Watchmen já recebeu o Prémio Hugo de Literatura e é a única HQ a figurar na lista dos 100 Melhores Romances do Século XX da respeitada revista Time). Nem preciso citar os sempre produzidos Robin Hood, Batman e Superman né?!

Leia as críticas, saiba como são diferentes.

Eu (como a grande maioria) não fico satisfeito quando assisto um filme adaptado de um livro, jogo ou de uma HQ, sendo mais criterioso os únicos que não me desapontaram foram 300, O Senhor dos Anéis, Ensaio Sobre a Cegueira e V de Vingança, e o pior fracasso posso dizer sem dúvida que foi adaptação de Homem-Aranha (sobre tudo o 3º filme da sequência) de Stan Lee. Claro que eu não espero que façam com todos as adaptações o que fizeram com a obra de Saramago que está fidelíssima ao livro, o próprio Saramago só se queixou do tamanho do cachorro usado no filme. Lógico que quando um cineasta ou roteirista pensa numa adaptação ele visualiza logo um cheque pomposo e um bonequinho dourado na estante, e deixa “alguns” detalhes de lado. Por esses e outros motivos muitos fãs, seja de livros, quadrinhos ou jogos ficam com receio e até evitam conferir as adaptações cinematográficas de suas historias prediletas ou herois favoritos.

Um mestre dos romances.

O que vem por aí.

Eu já assisti a versão em desenho e estava fiel, recomendo.

A adaptação mais esperada para esse ano está sendo apontada como O Hobbit, outro famoso livro de J. R. R. Tolkien. O projeto esta sobre a mesma tutela dos responsáveis pelo O Senhor dos Anéis (a trilogia ganhou 17 Oscas ao todo!) e já foi revelado que o filmes será dividido em duas partes intitulados Uma Viagem Inesperada e a segunda parte Lá e de Volta Outra Vez (nome original dado por Bilbo, personagem de Tolkein às suas andanças). O Hobbit conta os fatos acontecidos na jornada em que Bilbo encontra o Anél Mágico, o Um. Os fãs ficam se perguntando quando é que sairão os filmes do Silmarillion, que conta a história da criação do mundo fantástico criado por Tolkien e narra, por alto, boa parte da sua mitologia. A resposta é: nunca. Os direitos d’O Silmarillion pertencem à Tolkien Estate, empresa que gerencia os direitos autorais de todas as obras do linguista de Oxford e que é presidida por seu filho, Christopher Tolkien, que não simpatiza com a ideia de adaptar O Silmarillion ou Os Contos Inacabados, obras mais complexas da bibliografia de Tolkien. A única esperança dos cinéfilos tolkienianos é que algum diretor se anime a produzir os complexos filmes quando a obra do escritor cair no domínio público, mas eles terão que esperar até 2043, quando completam setenta anos da morte do autor. :’-(

Professor de línguas, escritor e poeta.

O Senhor dos Anéis, obra máxima de J. R. R. Tolkien, foi adaptada para os cinemas por Peter Jackson e teve uma das maiores bilheterias de todos os tempos. O Hobbit, outro livro do autor inglês sobre o mundo de Arda, está para sair em 2011. E os fãs ficam se perguntando quando é que sairão os filmes do Silmarillion, que conta a história da criação do mundo fantástico criado por Tolkien e narra, por alto, boa parte da sua mitologia. A resposta é: nunca. Os direitos d’O Silmarillion pertencem à Tolkien Estate, empresa que gerencia os direitos autorais de todas as obras do linguista de Oxford e que é presidida por seu filho, Christopher Tolkien, que não simpatiza com a ideia de adaptar O Silmarillion ou Os Contos Inacabados, obras mais complexas da bibliografia de Tolkien. A única esperança dos cinéfilos tolkienmaníacos é que algum diretor se anime a produzir os complexos filmes quando a obra do escritor cair no domínio público, mas eles terão que esperar até 2043, quando completam setenta anos da morte do autor.

Navegação de Post Único

2 opiniões sobre “Luz, câmera, adaptação!

  1. Ronnison meu xapa, primeiramente meus parabéns pelo novo visual do blog, ta massa! hehé.
    Rapaz, adorei essa tua publicação sobre as adaptações de livros no cinema. Concordo com o teu ponto de vista, pois também não gosto quando assisto um filme adaptado de um livro; tirando o Senhor dos Anéis, que é expetacular né, já outros como Harry Potter e a Ordem da Fênix é uma vergonha pra quem teve oportunidade de ja ter lido o livro.
    Cara, são dos quadrinhos que surgem os grandes filmes hollywodianos de superheróis, por isso que os HQ merecem uma apreciação maior do publico.

    • Obrigado cara, como sempre aparecendo com um comentário direto e preciso heim Ilmar Jr!
      Pois é ano novo tema novo rsrsrs esse é mais leve e mais completo que o anterior.
      Pois é cara, é sempre um dilema assistir à um filme “convertido”, até os dos quadrinhos estão sendo jogados no moedor da Waner, o X-Men 3, nossa, por Zeus o que foi que eles tentaram fazer com aquela história? O Wolverine quase foi violentado pela Jim!!!

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: