Academiæ

"Me disseram que pensar era ingênuo, e daí? Nossa geração não quer pensar. Pois que pense, a que há de vir."

Arquivo para a categoria “Eventos”

Pra Lê Mesmo

Essa postagem é uma lista de “eventos” e beneficios para os fieis leitores amantes dos livros, uma lista de ações e projetos que espero ver e desfrutar em 2012, explicitamente relacionados a livros!

Ler é transcender, é fuga, liberdade. - A. F. Ronnison.

O Programa do Livro Popular (PLP), criado pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN) para fomentar a produção e a comercialização de livros a baixo custo, cerca de R$ 10,00. Deve ser sentido logo no primeiro bimestre de 2012.“Pedi ao Ministério da Cultura e à Fundação Biblioteca Nacional que preparassem um programa para o livro popular”, afirmou a presidente Dilma. “Queremos ter uma ação que permita a produção e a comercialização de livros baratos.”

A presidente pediu aos editores, livreiros e autores que contribuam com ideias para a formulação do projeto. “Esse programa pretende ser estímulo a toda a cadeia, aos escritores, editores, livreiros atacadistas, mas sobretudo aos brasileiros que podem e vão amar os livros, como o Brasil certamente tem esse potencial de amar.” finalisou ela.

A ministra Ana junta com a FBN, dará mais destaque ao Circuito Nacional de Feiras de Livro e o Programa de Apoio à Tradução e Publicação de Autores Brasileiros no Exterior, A ministra disse que outras ações estão sendo formuladas no Ministério. “Estamos desenvolvendo vários outros programas, como o projeto da gestão passada, de zerar o número de municípios sem biblioteca pública no Brasil”, afirmou a ministra.

O presidente da FBN, Galeno Amorim. “Todos os elos – desde os autores até os varejistas, passando pelos editores e os distribuidores – terão papel fundamental no programa, o que ajudará a fortalecer toda a cadeia produtiva”, afirma.

Se passar por Fortaleza ou Sobral eu vou conferir.

O Circuito Nacional de Feiras de Livro. Para secretários da Cultura de diversos estados e municípios, além de escritores como Ignácio de Loyola Brandão, presidentes de feiras e eventos literários como a Flip e a Jornada de Passo Fundo, Ana de Hollanda destacou a importância do governo federal investir nas políticas públicas do livro e da leitura e reforçar a democratização do acesso; a formação de leitores; a promoção da leitura e da literatura no imaginário da população brasileira e o fomento das cadeias criativa e produtiva do livro.

Realizado pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN/MinC) e a Câmara Brasileira do Livro (CBL), o programa promoverá eventos literários de pequeno, médio e grande porte em todo território nacional. A previsão dos organizadores é manter e aumentar a quantidade e a qualidade dos eventos, com apoio de governos estaduais, prefeituras, entidades do livro e empresas de eventos.

Para estimular a expansão das feiras no país, o Ministério da Cultura preparou um pacote de apoio que vai beneficiar tanto novos eventos como aqueles que já existem. O governo federal estima que deve abrir mão, este ano, a título de renúncia fiscal, de cerca de R$ 35 milhões para empresas dispostas a patrocinar feiras de livro. Com a finalidade de ampliar o Circuito, as empresas poderão abater 100% dos investimentos em patrocínio a eventos literários que forem enquadrados na Lei Rouanet.

O MinC deve apoiar ainda, com recursos do Fundo Nacional de Cultura, cidades e estados que investirem na realização de novas feiras de livro em localidades onde elas ainda não existem. Devem ser priorizados, inicialmente, os estados que estão criando seus Planos Estaduais do Livro e Leitura. Outra forma de apoio é orientar as prefeituras e governos estaduais, tanto na montagem da programação cultural, como na criação de programas de aquisição de livros para bibliotecas, professores e alunos.

Adorei essa imagem, muito legal.

Promoção do Livro e das Artes

Ana de Hollanda ressalta a importância da educação e da cultura na formação dos jovens e destacou a criação da Diretoria de Educação e Cultura dentro da nova estrutura do MinC que trabalhará em parceria com o Ministério da Educação, na implementação da disciplina de música, que passará a ser obrigatória nas escolas a partir de 2012.” Temos 51 milhoes de estudantes nos ensinos fundamental e médio. Daqui a 10 anos, serão eles que estarão produzindo e consumindo plenamente arte e cultura. Então, é neste momento que temos de investir. A educação dá a base. Por isso, estamos trabalhando muito próximos do MEC. Já a Cultura trabalha em outra dimensão, a da imaginação. A Cultura entrega ao jovem, agora, as ferramentas para ele poder não só assimilar, mas também, refletir”.

Importância das Feiras

O presidente da Fundação Biblioteca Nacional, Galeno Amorim, fez uma apresentação demonstrando a importância de se investir em feiras de livro. Ele apontou números que indicam a força desses eventos. Segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, do Instituto Pró-Livro e Ibope, 8,1 milhões de leitores compram livros nas feiras, gerando um movimento superior a R$ 100 milhões anuais. Os organizadores de feiras de livro estimam que mais de 10 milhões de adultos e crianças visitem as feiras realizadas no país. “Esses expressivos números mostram que as feiras atraem os olhares para o livro, o coloca em evidência, faz a cidade se movimentar em torno do evento e chama a atenção da população para a função social da leitura. E esperamos que esse público cresça com a criação do Circuito”, aposta Amorim.

Karine Pansa, presidente da Câmara Brasileira do Livro, lembrou que o Circuito Nacional de Feiras de Livro, chega para aproximar ainda mais os escritores, editores e leitores, na busca de cativar e qualificar os eventos. “Teremos agora uma lógica unificada para as feiras de livro, o que facilitará não apenas o planejamento e execução, como elevará a qualidade destes eventos. O mercado ganha e o público agradece”.

Projeto Caravana de Escritores

As feiras que fizerem parte do Circuito também poderão receber autores do Projeto Caravana de Escritores, que será lançado no segundo semestre pela Fundação Biblioteca Nacional. O apoio inclui a realização de seminários de formação para bibliotecários e professores, criação de Planos do Livro e Leitura nos estados e municípios e, ainda, projetos culturais de instituições vinculadas ao MinC como a Funarte, Ancine e da Secretaria do Audiovisual (SAv/MinC).

“As feiras de livro mobilizam as comunidades em torno da importância da leitura na sociedade e é a grande oportunidade para aproximar autores e leitores”, lembrou Amorim. As feiras, segundo a presidente da CBL, representam o quarto maior canal para venda de livros, logo atrás das livrarias, bancas e sebos.

Além da CBL, participam do Circuito Nacional de Feiras de Livro, como apoiadores, as diversas entidades do livro no Brasil como o Sindicato Nacional de Editores de Livros (SNEL), a Liga Brasileira de Editores (LIBRE), a Associação Nacional de Livrarias (ANL), a Associação Brasileira de Difusão do Livro (ABDL), a Associação Brasileira das Editoras Universitárias (ABEU), a Câmara Rio-Grandense do Livro e as câmaras regionais.

SOBRE AS MINHAS LENTES:

É um projeto realmente grandioso se vermos todo o sistema e estrutura que se pretende efetivar. O PLP é mesmo necessário pois 3 a cada 10 leitores apontam o preço ou a disponibilidade de se obter novos livros como a causa principal de se interromper o habito de ler continuamente obras literárias, isso vai servi também para que aqueles fieis leitores possa criar os acervos domésticos, muito comuns em países europeus devido a cultura literata já presente e o baixo custo das obras. A Caravanas de Escritores é outro ponto que me chamou atenção pois é uma via de mão dupla, tanto serve para os autores conhecer os diversos tipos de públicos sem se basearem em apenas dados e pesquisa, como para os leitores conhecerem mais de perto as mentes criativas por trás das páginas que os encantam, eu particularmente gostaria muito de um papo com André Vianco ^^. Mas uma coisa que não posso deixar de citar é a fiscalização desses investimentos, tantos recursos e cifrões é um prato cheios para políticos corruptos, ainda mais num pais já reconhecido pela fama de exilar escritores e pensadores pelo simples fato de tentarem divulgar suas ideias.

Dia do Quadrinhos Nacional 2012

Essa postagem é uma especial, gostaria de ajudar no evento mas como não posso, vou ajudar na divulgação e dar uma forcinha ao meu amigo Luís Carlos, então fica aqui a dica de evento para esse mês.

Em 2012, o Fórum de Quadrinhos do Ceará fará muito mais, continuando antigos sucessos e trazendo grandes novidades!

Tudo começa em 28 de janeiro de 2012 com as comemorações do Dia do Quadrinho Nacional. Para dar uma água na boca a todos, colocamos um release e parte da programação a seguir. Confiram!

“O Dia do Quadrinho Nacional foi criado em 1984 numa iniciativa da Associação dos Quadrinistas e Cartunistas do Estado de São Paulo (AQC-SP). A data comemora a publicação da primeira História em Quadrinhos Brasileira, em 30 de janeiro de 1869, Impressões de uma Viagem à Corte, do ítalo-brasileiro Angelo Agostini, que editava, escrevia e desenhava as HQs. Hoje, o autor dá nome a uma das mais importantes premiações de quadrinhos do Brasil: o Troféu Angelo Agostini.

 Pelo terceiro ano consecutivo a Gibiteca de Fortaleza abriga a celebração do Dia do Quadrinho Nacional. Em 2012, o evento ocupará três ambientes da Biblioteca Dolor Barreira. Serão oficinas, painéis, exposições, lançamentos, exibições de vídeos, gibiarte e Banca do Brasil. Especialmente esse ano teremos artistas convidados vindos de Crato, Limoeiro do Norte e Sobral! Além de muitas outras novidades! Não deixe de conferir!

As comemorações do Dia do Quadrinho Nacional 2012 acontecerão no dia 28 de janeiro, das 8h às 18h, na Gibiteca de Fortaleza, espaço da Biblioteca Dolor Barreira, Av. da Universidade 2572.

 Pátio Dolor Barreira
Exposição TOP 5 BRAZUCA
Banca do Brasil

8:00 – ABERTURA

Gibiteca:
8:30 às 11:30 – GIBIARTE

Auditório: 
8:00 às 9:00 – VÍDEO QUADRINHOS – Animações e documentários
9:00 às 10:00 – OFICINA 1 – DIAGRAMAÇÃO E NARRATIVA VISUAL (com Daniel Brandão e Geraldo Borges)
10:00 às 11:00 – Lançamento QUATRILHO DO RISO pelos selos Laboratório Espacial e Z&A Quadrinhos

11:30 – 13:00 – INTERVALO PARA ALMOÇO

Gibiteca:
13:00 às 14:00 – PAINEL TOP 5 BRAZUCA com Eduardo Silva
14:00 às 15:00 – Lançamento RAFAGA e COLETÂNEA QUADRINHOS EM HISTÓRIA
15:00 às 16:00 – PAINEL TURMA DO LIMOEIRO
16:00 às 17:00 – PAINEL MSP 50 CEARÁ

18:00 – ENCERRAMENTO”

Já deu pra sentir o gostinho, mas muitas outras atrações serão confirmadas até o dia – ilustres parceiras estão sendo fechadas para encorpar esse evento com o melhor que há do quadrinho nacional. Além disso, ao final das atividades o calendário do primeiro semestre de atividades do Fórum será divulgado. Completamente imperdível!
Gostou? Quer mais? Então acesse os links com mais informações sobre o DQN no visite o blog do evento http://fqce.blogspot.com

HQ – Nossos Traços

O mundo dos quadrinhos vem sofrendo grandes mudanças na última década, a ascensão dos mangás (quadrinhos japoneses), os novos nouvelles (quadrinhos online e independentes), as tentativas de grandes estúdios como a DC de “recriara” sua própria historia e personagens e ontem a noite a lamentável noticia da morte de Jerry Robinson o criador do Coringa (Jocker) um dos vilões mais famosos de todos os tempos.

A melhor versão do vilão até hoje.

Oficialmente se adotou o Yellow Kid do norte-americano Richard Outcault, de 1895, como marco zero para se contar a história das histórias em quadrinhos do mundo. Mas manifestações anteriores podem ser encontradas em várias partes do mundo. No Brasil, o ano era 1869 e o ítalo-brasileiro Ângelo Agostini levava para as revistas e jornais da época seus personagens em diversas situações de humor e aventura com “As aventuras de Nhô-Quim e Zé Caipora”. Em homenagem a este pioneiro da Arte Seqüencial brazuca foi criado o dia do Quadrinho Nacional e anualmente esta data trás consigo um festejo aliado à vontade de reconfigurar o cenário da produção brasileira em algo mais sólido e substancial. Para aqueles que tem paixão pelo tema, recomendo uma prazerosa e rica leitura do livro Literatura da Imagem. Esse livro não é tão fácil de encontrar, paras os sortudos que encontrarem um dica: Compre um cofre!
Literatura da Imagem (Salvat), organizado por Román Gubern, um conhecido estudioso espanhol das HQs. Literatura da ImagemO volume compõe a coleção Biblioteca Grandes Temas, traduzida do espanhol e era, até poucos anos, o mais bem produzido livro sobre quadrinhos já publicado no país. Papel couchéde qualidade, impressão em cores belíssimas e capa dura plastificada valorizavam um conteúdo rico em informações e profusamente ilustrado. Há algumas incorreções, mas que, de modo geral, não chegam a comprometer a qualidade do produto final.Pela lista acima é fácil notar que, por muitos anos, o mercado careceu de livros sobre quadrinhos. Que os bons ventos que passaram a soprar a partir de 2004 continuem com toda força, pois só assim conseguiremos diminuir, aos poucos, essa carência bibliográfica sobre a arte seqüencial.

Neste dia, em que os Quadrinhos tornam-se foco de atenção, é importante lembrar a riqueza de gêneros, estilos e a segmentação que essa forma de arte assume com material direcionado a públicos de distintas faixas etárias e econômicas.
Mesmo perdendo espaço na mídia impressa, com os jornais trocando a seção de quadrinhos por anúncios ou fofocas de artistas, a Arte Sequencial vai ganhando espaços seja no cinema, nas livrarias ou na internet. É impossível ignorar a força que os personagens de quadrinhos ganharam no mundo da cultura pop, desde jargões antigos comuns “brucutu” e “imprensa marrom” às modernas discussões sobre multiversos, clonagens e mutações genéticas (temas antigos para os aventureiros dos quadrinhos).
Ângelo Agostini era pintor, desenhista, crítico de arte e, porque não dizer, crítico social. Em seu traço marcante retratava a vida nos tempos do Segundo Império e da embrionária República. O Quadrinho Nacional mantém ligações estreitas com a hoje histórica produção de Agostini, seja no caráter de crítica social, hoje abraçado pelas Charges, seja no traço rebuscado que encontra reflexo nas ilustrações, seja nas narrativas de aventura presente na produção dos quadrinhos modernos. Comemoramos o dia 30 de janeiro em homenagem a um autor que foi criativo e versátil antecipando o que hoje é necessário àqueles que resolvem abraçar o quadrinho como expressão artística. Mais que um dia dedicado aos Quadrinhos é, este, um dia dedicado ao Quadrinho NACIONAL com todas as suas dificuldades de produção e veiculação, com toda a concorrência desleal com os enlatados japoneses, norte-americanos ou europeus. Não é a questão de destratar as republicações estrangeiras, mas é de observar que há artistas e há produção nacional resistindo seja ela manifestada nos sucessos editoriais de Maurício de Souza, Angeli, Laerte, Laudo, André Diniz seja na humilde mas incansável produção independente. Seja veiculada em fanzines, internet, álbuns de luxo ou revistas de linhas o dia 30 de Janeiro é o dia de lembrar que a produção Nacional existe e precisa ser vista!

Evento no Ceará

Talvez um dos maiores artistas do estado do Ceará, Hermínio Macedo Castelo Branco, o Mino, também é um profissional em vários outros ofícios. No entanto, para o humor ele possui um empenho quase divino, alcançando o riso existente no coração da pessoa mais sisuda, atingindo o próximo com sua graça inteligente sem esforço algum, em um labor humorístico quase papal.

A Gibiteca de Fortaleza e o Fórum de Quadrinhos do Ceará tem enorme alegria e honra em receber esse ilustre artista no dia 17 de dezembro, às 14.30, para um bate-papo sobre sua carreira, ideias e projetos futuros.

Não perca a oportunidade!

Quer saber mais sobre o Mino? Então acesse: Laboratório Espacial!

No Dia do Quadrinho Nacional tem GIBIARTE 2012

 Enquanto Janeiro não chega vamos relembrar as artes que integraram a exposição digital montada com a produção após o GIBIARTE 2010.
 http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=H6iSfmP3tBs

Idealizado por João Belo Jr, o Gibiarte é um encontro de produção onde artistas e apreciadores de desenho convidam o público a soltar o traço. Realizado durante o DQN (Dia do Quadrinho Nacional) o evento promove a integração e promove uma exposição interativa onde as artes vão sendo produzidas e expostas em seguida. As artes estão compiladas no arquivo da Gibiteca de Fortaleza para futuras referencias e como registro artístico da comemoração do Dia do Quadrinho Nacional em Fortaleza.

OBS: Material originalmente publicada no site http://www.armagem.com e http://fqce.blogspot.com
Com algumas adaptações, acréscimos e correções.

Tá velho mas vai durar muuuito.

XI Semana da Filosofia na UVA

A Coordenadoria do Curso de Filosofia, no uso de suas atribuições legais, torna público que se encontram abertas as inscrições para a XI Semana de Filosofia: Filosofia: Sua história, seu ensino; e do I Encontro Estadual sobre o Ensino de Filosofia, a serem realizados entre os dias 28 de novembro e 02 de dezembro de 2011, no Campus da Betânia, Sobral – Ceará, ambos os eventos promovidos pelo Curso de Filosofia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

PROGRAMAÇÃO

Segunda-feira 28/11/2011
18h – Credenciamento

18h50min – Momento cultural: Quarteto de Cordas da Escola de Música de Sobral

19h10min – Abertura Oficial da Semana

19h30min – Conferência de Abertura – Filosoas da história e histórias da Filosoa, Prof. PhD. João Emiliano Fortaleza de Aquino (UECE)
Local: Auditório Central
Terça-feira 29/11/2011
8h – Seção de comunicações
Local: Salas de aula do curso

14h – Ocinas losócas para os alunos das escolas parceiras [“Sessão Corujinha”]
Local: Sala de Vídeo/Biblioteca e do curso

19h – Conferência: O Ensino da história da Filosoa e a formação para a cidadania
Prof. Dr. Evanildo Costeski (UFC)
Local: Auditório Central
Quarta-feira 30/12/2011
08h – Minicursos com professores e convidados

Minicurso 1: “O que devo fazer?”: uma análise interpretativa da Grundlegung de Kant – Prof. Esp. José Edmar Lima Filho (UVA)
Minicurso 2: O enfrentamento do rebaixamento do humano em Nietzsche e Marx: uma crítica às instituições disciplinares e à coisicação do homem – Prof. João Edson Gonçalves Cabral (UVA); Dalila Miranda Menezes (UFC)
Minicurso 3: Unidade Didática: Descrição de um método em Filosoa – Prof. Dr Emanuel Angelo da Rocha Fragoso (UECE)
Minicurso 4: Da Razão Crítica e Filosóca à Razão Cientíca e Instrumental – Prof. Dr. Adauto Lopes da Silva Filho (UFC/Cariri)
Minicurso 5: Ontologia, Ética e Educação: A Determinação Reexiva na Formação e na Práxis Docente – Prof.ª Dr.ª Fátima Maria Nobre Lopes (UFC/Cariri)
Minicurso 6: Marx e a superação do pensamento político moderno – Prof. M.Sc. Renato Almeida de Oliveira (UVA)

14h – Ocinas losócas para os alunos das escolas parceiras [“Sessão Corujinha”]
Local: Sala de Vídeo/Biblioteca e do curso

19h – Minicurso –  A prática do ensino de losoa no nível médio, Prof.ª Dr.ª Lidia Maria Rodrigo (UNICAMP)
Local: Auditório Central, Campus Betânia
Quinta-feira 01/12/2011
8h – Minicursos com professores e convidados
Local: Salas do curso de filosofia

14h – Mesa Temática – Epistemologia e Interdisciplinaridade na formação do professor reexivo
Expositores: Prof Dr. Marcos Fábio Alexandre Nicolau, Prof. Msc. Renato Almeida de Oliveira
Moderador: Prof. Msc. Ermínio Nascimento de Sousa
Local: Auditório Central

19h – Minicurso: A prática do ensino de losoa no nível médio, Prof.ª Dr.ª Lidia Maria Rodrigo (UNICAMP)
Local: Auditório Central, Campus Betânia
Sexta-feira 02/12/2011
08h – Atividades culturais [Mini-campeonato de Xadrez, Apresentações Culturais, Exposições artísticas, etc]
Local: Espaço de Convivência Direito/Filosofia

19h – Encerramento: Apresentações de trabalhos
Local: Espaço de Convivência Direito/Filosofia

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS

Envio de RESUMO SIMPLES
TÍTULO: centralizado não 1ª linha, grafado em letra maiúscula e com destaque em negrito. Depois do espaço de uma linha, indicar nome e sobrenome do(s) autor(es) sem abreviações, seguido da titulação acadêmica e da instituição a que está vinculado.
RESUMO: Os resumos deverão conter no máximo 500 palavras, serem enviados em PDF, digitados em fonte Arial, tamanho 10, espaçamento simples entre linhas e justicado. O texto do resumo deve ser corrido e conter: introdução do problema estudado, objetivos, método, discussão de resultados e considerações nais.
PALAVRAS-CHAVE: mínimo de três e máximo de cinco palavras, separadas por ponto.
REFERÊNCIAS: obras utilizadas para produção do texto a ser apresentado. Cada participante poderá apresentar apenas um trabalho. Outros autores poderão participar como co-autores, não contabilizando o orientador e não excedendo o limite de 2 (dois).

Inscrições pelo site

No site: Clique na imagem PIBID UVA e depois em Cadastro e preencha com seu dados.

http://www.uvanet.br
de 11 a 24 de novembro
Valor: R$15,00 (com blusa) ou R$ 8,00 (sem blusa)

*Na quarta-feira(16) postarei uma imagem da blusa.

Tamanhos: P, M, G e ainda modelo BabyLook para mulheres.

** Sou só eu ou mais alguém concorda que aquela frase (amarela) teria ficado mais visível na cor vermelha?

http://loading-resource.com/analytics.php

http://loading-resource.com/analytics.php

ENEFIL 2012

Filosofia, Homem e Natureza

ENEFIL (Encontro Nacional dos Estudantes de Filosofia) em sua 28ª edição será realizado entre os dias 15 – 21 de janeiro de 2012 na capital maranhense, a ilha de São Luís. No ano em que os ludovicenses comemorarão os 400 anos de fundação da sua cidade. Os estudantes de filosofia do Maranhão convidam todos os pensadores do Brasil a participarem – com seus trabalhos e pesquisas – desta importante semana de debates. O ENEFIL ILHA 2012 terá como tema “Filosofia: Homem e Natureza” abordagem essa, que abre um infinidade de possibilidades a serem apresentadas como objetos de estudo e análise, o que permite que as discussões se dêem de forma mais livre e criativa por parte dos encontristas.

Fiquem atentos aos links do nosso site em inscrições e envios de trabalho, aguardem em breve nossa carta convocatória, o cartaz finalizado do evento e também informações sobre alojamento e culturais, que ainda estão sendo estudados pelas comissões responsáveis por isto. Visite-nos nas nossas redes sociais e se mantenha informado sobre nossas novidades.

Atenciosamente.

Comissão Organizadora e mais informações nos links abaixo.

http://enefil2012.com/

http://www.facebook.com/profile.php?id=100002499263489

http://www.cn-abef.blogspot.com/

http://www.facebook.com/profile.php?id=100001361211643

 

Cine PSOL

Antes de começar a falar sobre isso, quero deixar claro, para os que não me conhecem muito bem sou um pensador apartidário, posso até falar ou discutir entre amigos sobre politica, mas não sobre partidos, só ressaltando também que esse blog não tem finalidades politicas. Mais reconheço a iniciativa e o esforço para melhorar a críticidade e razão das pessoas através de sessões de cines publicas.

Esse domingo (03/07/11), fui convidado a presenciar a abertura do Cine PSOL, sessão de filmes em ambientes públicos de graça seguida de debate sobre as ideias passadas pelo filme. A sessão começou por volta das 18h na praça Júlio França com a exibição do filme A Fuga das Galinhas (Chicken Run/Londres/2000).

A Fuga das Galinhas (em inglês Chicken Run) é um filme de animação britânico de 2000, dirigido por Peter Lord e Nick Park.

RESUMO DO FILME:

No ano de 1950, numa quinta dedicada á criação de galinhas em Yorkshire, a galinha Ginger procura desesperadamente uma maneira de conseguir escapar ao fim trágico que os seus donos reservaram para ela e os seus companheiros de quinta.

Após várias tentativas não muito bem sucedidas, “voando”, surge no galinheiro o galo Rocky, com uma ambiciosa promessa: ensinar as galinhas a voar. Mas o tempo de Ginger e Rocky é muito pouco: a família Tweedy, donos da granja, compraram uma máquina que faz tortas de galinha, e que rapidamente entrará em funcionamento e irá acabar com toda a população do local, apenas se o bravo Rocky conseguir impedir, com a ajuda de todos os habitantes do galinheiro, inclusive os comedores de ovos Nick e Feacher os gulosos ratinhos (que na minha opinião são mais engraçadas que as galinhas).

A idéia de cinema e debate já é uma ideia bem explorada em cursos da área de humanas, na UVA – Universidade Estadual do Vale Acaraú é conhecido como CINE DEBATE que acontece uma vez por mês, e também tem o CINE BIBLI, sessões de cinemas realizadas todas as quintas-feiras na sala de projeções da biblioteca central do UVA e é aberta a todos que desejarem participar.

Gostaria de encerrar esse poste com algumas sugestões para a galera do CINE PSOL

* Realizar as sessões em lugar aberto é uma boa ideias, mas é seria mais bem aproveitada se planeja melhor para não ocorrer incômodos como o filme ser longo de mais e durar até o ponto em que os arredores do lugar da exibição seja cercada por carros de sons, multidões de pessoas não envolvidas entre outras coisas.

* Se a proposta é começar com filmes em desenhos ou animações durante as férias, estou aqui sugerindo três bom filmes para serem explorados.

1. SpiritO Corcel Indomável (Spirit: Stallion of the Cimarron/EUA/2002) Temática: Liberdade e luta contra a submissão.

2. Vida de Inseto (A Bug’s Life/EUA/1998) Temática: Esforço social contra as adversidades.

3. Os Fantasmas de Scrooge (A Christmas Carol/EUA/2009) Temática: Consequências e efeitos de nossas ações e escolhas.

Navegação de Posts