Academiæ

"Me disseram que pensar era ingênuo, e daí? Nossa geração não quer pensar. Pois que pense, a que há de vir."

Arquivo para a tag “Cultura”

Lá fora tem, aqui tá sem!

Como prometi, essa é uma amostra do quanto ficamos para trás em incentivo a leitura (como se fosse só isso :’-/), nos dias 25 e 26 desse mês decidi pegar a moto e ir às cidades vizinhas (Marco, Cruz e Acaraú) para ver como são as bibliotecas públicas da região (me senti como Che em Diários de Motocicleta ^^), eu sabia que a de Bela Cruz estava pra trás, mas não sabia que andava de macha ré (riso). Quero dizer que as fotos foram feitas com o concetimento dos funcionários de cada biblioteca, que fui bem recebido em todas elas e que ainda que essa publicação possa ser usar com alguma finalidade política, esse não é seu objetivo.

Vou começar pela Biblioteca Pública Municipal Poeta Manuel Nicodemos Araújo que fica na cidade de Acaraú.

O prédio é tombado como patrimônio, já é um reconhecimento digno.

Tem placa sinalizando o lugar, mas era bom mandar podar as árvores né? ^^

O antigo clube da cidade foi TOTALMENTE adaptado com instalações completas.

É a mais confortável e aconchegante que visitei nesse artigo, muito espaçosa também.

Uma atitude que valoriza e instiga a leitura, algo simples mas que tem resultado.

Placa de inauguração, Regimento (que É obedecido), e selo Biblioteca Amiga.

Monumento à Nicodemos Araújo (danificado), maior poeta, escritor e genealogista da região.

Espaço destinado à crianças e à formação de jovens leitores. Isso é cultura.

Confortável espaço para leitura individual ou em grupo. Iluminação natural (eco-economia)

Acervo de obras cearenses e literatura especial (braile). Quadro de artista local.

A Bíblia em Braile é uma das opções de leitura para pessoas com deficiências visuais.

Há pinturas de artistas locais enfeitando o ambiente. Isso é reconhecimento cultural.

Lugar para pesquisa e leitura, mais uma vez com iluminação natural.

Monteiro Lobato deu essa dica há anos e poucos reconhecem essa necessidade.

Livros de Filosofia e Sociologia atuais e renovados para criação de mentes críticas.

Revistas, jornais e periódicos para consultas. Arquivados e organizados.

Estante de Literatura Internacional.

TV e computadores, a biblioteca planeja disponibilizar internet para pesquisa esse ano.

Esse ano esperasse que a biblioteca esteja on-line e com sistema informatizado (eleição né minha gente).

Cada cômodo da biblioteca tem uma arte, algo que gostei muito de ver e apreciar.

Um cantinho isolado, confortável, aquecido e iluminado. Perfeito pra uma boa leitura.

Pode-se dizer que 90% da iluminação e ventilação do lugar é natural, o que é muito bom.

Tão bem iluminada que as florescentes seriam dispensáveis se ela não abrisse a noite.

Recepção. Fiquei até triste de ir embora de um lugar tão aconchegante.

NOTA: A Biblioteca Pública Municipal Poeta Manuel Nicodemos Araújo da cidade de Acaraú, na minha opinião só deixou mesmo a dever na manutenção do lugar e dos moveis, no mais é maravilhosa, estrutura e acomodação, espaço e acervo. A localização também é centralizada. Embora o prédio original tenha sido um clube, as adaptações comportaram as necessidades de uma biblioteca. As estantes e mesas são apropriadas e permitem uma circulação no ambiente sem pertubações nem contornos.

Agora irei mostrar algumas fotos feitas na Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias situada na cidade de Cruz.

Em Cruz também tem sinalização informando sobre a biblioteca. Sinal de valorização.

Dos visitados, esse foi o melhor prédio, construído especificamente para ser uma biblioteca.

A biblioteca é cercada por um belo jardim, que recebe muita atenção das visitas.

Uma passarela muito convidativa leva a visita até a recepção. Note a frente a biblioteca

A biblioteca abriga também o museu da cidade, ponto para criatividade.

Pode parecer besteira, mas isso é uma forma de ver a importância que deram à leitura.

Salão principal, onde fica a recepção e que dá acesso as outras dependências da biblioteca.

A biblioteca incentiva a publicação de livros do escritores oriundos da cidade.

Como em Acaraú, artesanato e pinturas também enfeitam os ambientes da biblioteca

Leitura e arte é uma combinação que dá certo, isso é cultura, isso é dar valor aos cidadãos.

Artesanato infantil, 1 pequeno espaço recreativo. Será construída uma sala própria para isso.

Salão de estudos e pesquisa, acesso a internet e espaço para leitura.

Nesse espaço também são realizados palestras e eventos como o Cinelivro (exibição de filmes)

Salão com suportes estruturais e materiais para conferencias, grupos de leitura, ect.

O Acervo está em um único ponto e com isolamento, o que gera segurança e conforto.

Prateleiras organizadas por temas dispostas de forma a facilitar a busca e circulação no lugar

Embora essas não seja as prateleiras ideais, está com os livros muito bem conservados.

Mascote da biblioteca com livros em braile faz a companhia no salão principal.

De todas as bibliotecas que visitei nesse artigo, essa foi a mais bonita e completa.

NOTA: A biblioteca pública da cidade de Cruz tem uma pagina on-line (blog) com algumas das realizações e eventos documentado lá. Será criada uma sala específica para crianças e outras instalações. O acervo é de aproximadamente 5.000 livros (segundo funcionários), lá também é oferecido nas quartas-feiras um tipo de cinema livre para os visitantes. O ambiente dentro e fora da biblioteca é muito agradável, localizada em um ponto central da cidade e ainda assim com calmaria. Também me foi informado (mais uma vez por funcionários) que a biblioteca está se modernizando para informatizar seu sistema de registro de livros e materiais (audiobooks entre outros).

Bem vamos agora ver como estão as coisas do outro lado, essa são fotos da Biblioteca Pública Municipal Prof. Zely Rios na cidade do Marco.

Uma bela biblioteca, porem num lugar tão esquisito, a mais mal localizada que visitei.

“Recepção” – sem comentários.

Esse foi outro prédio construído com a finalidade de servir como biblioteca.

Auditório, acervo e ala de estudo, leitura e pesquisa.

Essas sim são as estante ideais, fortes e firmes. O acervo aqui também é bem localizado. Mas na ocasião achei meio “chafurdado”.

Esse foi o melhor acervo em braile que encontrei nas bibliotecas desse artigo.

Livros recentes e clássicos disponíveis em braile, pena a cidade não promover essa leitura, diga-se de passagem a cultura local parece a total abstinência de pensamento.

Infelizmente me disseram que “ninguém vai à biblioteca por que é no fim do mundo!”

Tanto espaço e tão pouco uso. Mas note que a cadeiras e mesas são adequadas.

A videoteca daqui é muito boa, vários temas e ciências. Pena que estão todo em VHS (riso).

Um palco desse seria melhor aproveitado em eventos de incentivo a leitura, feiras, exibições.

Revistas de vários gêneros e assuntos que são lidas pela luz e pelo pó.

Vamos para o segundo andar, espero que lá encima o espaç0 seja melhor utilizado.

… ¬¬’ (melhor voltar em um ano).

NOTA: Eu nunca vi um gerenciamento de espaço tão ruim quanto esse, o prédio feito unicamente para ser uma biblioteca, tem muito, mas muito espaço mesmo. O acervo é bom, as acomodações também. Mas, o que mais deixa a desejar na Biblioteca Pública Municipal Prof. Zely Rios é a localização (colocaram ela quase na outra cidades, muito distante do centro, mal iluminada e policiada) e o mau uso do espaço disponível no lugar, junta essas duas coisas e você tem uma biblioteca vazia ou pouco visitada.

Huahahahaaa… Agora chegou é a vez da Biblioteca Pública Municipal Prof. Nicácio da cidade de Bela Cruz (eita que lá vem).

Vista de fora, se comparadas as anteriores é a fachada mais triste das quatro. Eu as vezes acho que parece uma delegacia ou posto de saúde, o “letreiro” mal chama atenção não é?

O prédio, dizem, foi “adaptado” para servir como biblioteca, mas se analisar bem concordarão comigo que é só uma casa com livros. Cadê a recepção? balcão de atendimento? Nada ¬¬’

Sala infantil, de fato de todas as bibliotecas que visitei, essa é a que tem melhor acervo e estrutura infantil. Sempre são realizadas atividades para crianças o que é muito bom.

Aqui é o que podemos chamar de “sala de administração”, aquele é o único computador da biblioteca e seu uso é restrito para funcionários. Alguém sabe o que era esse lugar antes?

Espaço para pesquisa e estudo, o acervo está disperso nas paredes, o que não é recomendado por dificultar a limpeza e manutenção do acervo, ainda mais no inverno. Morfa muito.

Se o acervo fosse bem cuidado, com manutenções regulares, sem dúvida essa biblioteca teria o mais completo e rico, note que essas estantes também não são as ideais para os livros.

Se não fosse o acervo acho que raramente viria aqui, e falo sério. Gosto muito das pessoas que trabalham aqui, sempre fui bem recebido nesse lugar, mas o lugar não está recebendo a devida atenção política.

Comida para traças e outros insetos, cardápio especial: poemas, prosa e poesia. Os escritos das mentes da nação somem devagar, esquecidos numa prateleira. (triste né?)

 

É por esses e outros motivos que eu como tantos outros acabam se afastando da biblioteca, ou evitando frequentá-la em certos horários. Fala sério, achei que aqui era lugar de silencio ¬¬’

Essa estante está quase caindo, dá pra ver a inclinação de longe. Essa estante abriga o acervo infanto-juvenil, já imaginou uma criança indo retirar um livro ou brincando aqui perto e as prateleiras caindo encima dela? Agora você pensou.

Para quem quiser conferir o estado (lamentável) do acervo da Biblioteca Pública Municipal Prof. Nicácio localizada na cidade de Bela Cruz, é só conferir aqui: Era Uma Vez Uma Biblioteca Pública.

Anúncios

10 Motivos Para Namorar Um Filósofo

Ontem eu estava peneirando a internet em busca de algo legal pra lê, pensar. E li uma postagem muito curiosa: Por que algumas mulheres não curtem homens inteligentes?

Não preciso dizer que é uma pergunta bem interessante se considerar a crise nos relacionamentos nos dias de hoje e a fragmentação dos valores morais em nossa sociedade. Algumas amigas minhas por diversas se enganam na escolha de parceiros, frustram-se, se arrependem e depois voltam a cometer o mesmo erro. Mas esse manhã uma amiga me disse no MSN: “Vocês filósofos devem ser muito felizes.” . Eu perguntei porque dessa colocação e ela me disse que nunca ouviu alguém do curso de filosofia reclamar do relacionamento ou coisa parecida. Bom e posso dizer que sim, ser filósofo tem suas vantagens intelectuais, emocionais entre outras, mas eu não diria que não existem problemas humanos entre os filósofos, afinal, ainda somos humanos. Então resolvi criar essa postagem dando referencias das vantagens de namorar um filósofo (e devo agradecer a minha namorada por listar esses 10 pontos comigo).

Lá vai!

1. Nunca falta assunto.

Filósofos sempre têem algo pra dizer, é legal quando você tem uma “figura” do seu lado que tem a mente ampla e aberta pra as mais diferentes conversas, assuntos, papos, e uma opinião criteriosa daquilo, ele nunca terá problemas em ser “social” mesmo que seja tímido, tem papo pra tudo (até pro que você não entendi ^^).
OBS: Só tome cuidado nos assuntos escolhidos num jantar com a sua família, ele pode infezar todo mundo (essa observação ela exigiu que escrevesse aqui).

2. Dificilmente  julga sua família, amigos, etc…

Estudamos todo tipo costumes, épocas, pensadores e formas de relacionamento, então é mais fácil a gente se surpreender com eventos naturais óbvios do que com os “complexos” seres humanos, pra estudar todo tipo de “filosofia” de vida de um ser humano é necessário tentar compreender aquele estilo de vida.

Também jamais irá julgar você pela aparência, ainda mais se ele for fã de Schiller ou tenha se formado em Estética.

Então, por consequência quebramos preconceitos, se você namora um filósofo fica tranquila quanto a aquele primo anti-cristo, aquele amigo esquisito, a amiga escandalosa (que se duvidar vai até dar encima dele), normalmente nunca serão julgados, agora quanto a parte de tirar sarro, eu não garanto, afinal todo bom pensador é um pouco sarcástico. (Bem lembrado amor!).

3. Todo tipo de regra imposta ao filósofo normalmente será ignorada ou minimizada.

Então, se sua preocupação era quando ou a onde vai ser o casamento (cof-cofffi… Linda é melhor colocar encontro, uma palavra dessas logo no começo, assim elas não vão terminar de lê ^^), se você foi “crismada” ou não, que seja, pro filósofo isso é o de menos, ele se importa com tudo menos com os estereótipos, isso se ele não tiver uma alergia a catolicismo ou fanáticos religiosos, então naturalmente o importante é que a união dê certo, então ele fará de tudo para que a união dê certo mesmo e dificilmente irá se importar com opinião dos demais.

4. DRs (são raras, mas afinal tem que ter, faz parte ^^).

Então pode contar com ele na hora de jogar na roda aquele assunto difícil, aquela lavação de roupa suja, normalmente ele vai ser bem cauteloso (no seu caso amor, é chato discutir com você rindo o tempo todo, mas adoro até esses momentos/Ô linda, cê sabe que quando ‘tô’ rindo não é de você.) com as palavras, a não ser que você tenha testado demais o santo dele, ai eu já não garanto.

5. Você será trocada, mas fique tranquila.

Será no máximo por um livro, palestra ou conferência .
OBS: Não dá nem pra chamar de traição, ou preferi um par de chifre tradicional? ^^.

6. No natal, aniversário, dia dos namorados, etc, você não terá problemas em presenteá-lo.

Você sabe que se você der aquele livro que ele tava querendo DAQUELE AUTOR que ele adora provavelmente ele vai ter um orgasmo ideológico e te levar pra jantar fora.
Ou então dê uma estatuazinha do Pensador, ou do deus Osíris, ou de Atena, qualquer coisa relacionada a mitologia que vai ter um ar de “uma pessoa que ama sabedoria mora por aqui” também é legal. (Amor, isso me lembra, obrigado pelo chaveiro com uma corujinha, gostei muito, mesmo sendo do Harry Potter (riso)).

7. Ele podem ter pose de nerd mas isso não quer dizer que seja um (e se for ame e respeite ^^).

E principalmente não quer dizer que ele seja certinho, quanto mais se estuda a humanidade menos afim de ser correto nos “padrões da sociedade” você fica, ele pode ser um capeta, mas tem aquela cara de pessoa certinha e esforçada, o que te poupa explicações, e ele sabe muito bem o que é ridículo pra sociedade e vai te poupar de certas vergonhas alheias.  (Como muitos “garotões” fazem).

8. Cultura.

Ele sempre vai ter uma programação divertida, diferente, prazerosas para fazerem num fim de semana, ir à um restaurante japonês, um café, uma exposição de arte, teatro, noite de gastrônomia ou degustação de vinhos, uma ida à nova livraria, cinema (onde a trilha sonora não é só tiros e explosões). Acredite, seus pais sempre vão elogiar o gosto dele, mesmo quando não curtem as mesmas coisas (ex: uma conferencia sobre capital simbólico e contextualização do problema da existência e da ética na contemporaneidade).

9. Felicidades continua.

Não se preocupe com esse estado emocional, geralmente os filósofos são ociosamente felizes e de bem consigo mesmo, o que vai lhe poupar meses em terapia de casal e não vai precisar ler livros de auto ajuda. (Ronnison, ainda bem que você é assim, te adoro./ É amor, quem me conhece sabe que “tô” sempre de bem com a vida, agora imagina se eu fumasse maconha! (riso).

10. Ele pode parecer revoltado, anarquista, apartidário, antipatriota, antissocial mas no fundo você não vai ter problema algum.

Então você jamais estará do lado de uma pessoa individualista, pois como estudante/professor/amante de filosofia ele sempre pensará no todo e não somente nele mesmo (ainda mais se gostar de Metafísica rsrsrs). Não sabe em quem votar nas eleições, pede um palpite pra ele! Mesmo sem partido ele vai ser bem crítico nas escolhas politicas.

Muito bem Amor, obrigado! Agora pra encerrar, gostaria de sugeri a leitura de uma postagem muito legal que minha amiga Bruna me mandou: Namore Um Garoto Que Lê. (Na verdade ela me mandou Namore Uma Garota Que Lê, mas como estou destinando essa postagem às minhas amigas né ^^).

Dia Mundial da Filosofia

Contexto

Dia Mundial da Filosofia no Brasil 2011

O Dia Mundial da Filosofia tem sido comemorado pela UNESCO desde 2002, quando a data foi criada com o intuito de promover a filosofia e disseminar sua validade como instrumento de compreensão do real.

No Brasil, a data vem ganhando crescente relevância, contando com importantes eventos de comemoração, como as três edições do Dia Mundial da Filosofia no Brasil, promovidos pela UFRJ, desde 2008, com a cooperação da Representação da Unesco no Brasil.

Este ano, em sua 4ª edição, o projeto ultrapassa os portões da Academia visando respirar diferentes ares e ocupar novos espaços culturais na cidade do Rio de Janeiro.

Agora liderado pelo Terceiro Gênero Filosofia, um coletivo de ação e pesquisa nascido no IFCS-UFRJ, o evento gratuito acontecerá no Teatro Glauce Rocha, sexta, às 17h, e faz parte da programação da ocupação JUNTO: Práticas de Proximidade, que ocupa o espaço cultural até dezembro. O tema central dos debates será “Usos e desusos da cidade”, abordando questões de representatividade, produção do comum e a articulação filosófica e política de manifestações atuais. Inscrições pelo email: diamundialdafilosofia@gmail.com.

Programação Sugerida: Selecionei alguns quadro e atrações da tv aberta para os leitores do blogue, as sugestões são bem variadas mas seguem o propósito da Academiae (filmes, artes, músicas, desenhos, livros, diversão). Todos os quadros e programas aqui sugeridos eu mesmo já assisti, apenas duas observações, note se seu estado está seguindo o horário de verão para você não perder nada. A Tv Cultura e a E Paraná compartilham a mesma frequência, para não haver problemas estou sugerindo apenas quadros e atrações sem choque de horário. Boa reflexão!

PROGAMAÇÃO

TV Escola – 17/11/11
13:30 – ESPECIAIS DIVERSOS – JOHAN DEGENAAR: UM FILÓSOFO DE CONTOS DE FADAS, 28:57s. Interpretação dos contos de fadas do ponto de vista da filosofia, discutindo as versões, as simbologias e os significados presentes nessas histórias.

17h00 – ARTE E MATEMÁTICA – O ARTISTA E O MATEMÁTICO, 25:52s. Mostra as relações entre essas duas áreas nos mais variados meios e expressões – enquanto a Matemática apresenta a face mais rígida e estruturada da criação artística, a Arte representa a face mais intuitiva e lúdica do pensamento matemático.

17h30 – ARTE E MATEMÁTICA – A ORDEM NO CAOS, 25:49s. Mostra as relações entre essas duas áreas nos mais variados meios e expressões – enquanto a Matemática apresenta a face mais rígida e estruturada da criação artística, a Arte representa a face mais intuitiva e lúdica do pensamento matemático.

19h00 – GESTÃO EDUCACIONAL PARA DIVERSIDADE GESTÃO EDUCACIONAL PARA A DIVERSIDADE EM DEBATE, 60:00. Discute propostas pedagógicas voltadas para a construção de uma escola que forme cidadãos conscientes do valor de seu pertencimento étnico-racial, em especial os descendentes de africanos, para que todos tenham, igualmente, seus direitos garantidos, sejam tratados com dignidade e tenham sua identidade reconhecida.

22h50 – ABC DA ASTRONOMIA – FASES DA LUA, 06:00. Trata dos principais conceitos de Astronomia. A cada episódio, o professor e astrônomo Walmir Cardos apresenta um tema. Animações, fotos espaciais e imagens de arquivo complementam a viagem espacial que, também traz como diferencial, o ponto de vista do hemisfério sul.

23h00 – ESPECIAIS DIVERSOS – ELES FILMARAM A GUERRA EM CORES: GUERRA DO PACÍFICO – 1ªPARTE, 43:50. Mostra em filmagens raras em cores as batalhas norte-americanas na 2ª Grande Guerra contra o Japão pela conquista das ilhas do Oceano Pacífico pelos EUA até chegada ao Oriente.

TV Escola – 18/11/11

11h15 – VIAJANDO AOS EXTREMOS – JAPÃO: HONSHU E HOKKAIDO, 23:31. O renomado fotógrafo norte-americano Art Wolfe mostra desertos, florestas, geleiras, montanhas e outros locais que não conhecem a presença humana.

12h00 – EVOLUÇÃO – POR QUE SEXO?, 55:39. A partir da teoria evolucionista de Darwin, explica as transformações ocorridas no homem e na natureza ao longo dos tempos.

13h00 – ECCE HOMOA ARTE, 51:54. Aborda o ser humano em suas múltiplas faces, circunstâncias e contextos, explorando temas como trabalho, família e educação.

19h00 – EDIÇÃO ESPECIAL: DESAFIOS DA GESTÃO ESCOLAR EDIÇÃO ESPECIAL: DESAFIOS DA GESTÃO ESCOLAR, 60:00. Debate as múltiplas dimensões e desafios da gestão escolar democrática e a importância do planejamento como ferramenta de apoio para que a escola articule três importantes elementos: a melhoria contínua dos processos de ensino e aprendizagem (atividades-fim); a eficiência na condução das questões administrativas e burocráticas (atividades-meio) e a participação efetiva da comunidade escolar (gestão democrática).

22h00 – FALANDO DE POESIAWILLIAM BLAKE, LEWIS CARROL, E. E. CUMMINGS, LORD TENNYSON), 23:48. ‘Explora a diversidade da poesia inglesa ao longo de cinco séculos. Cada episódio mostra o trabalho de um poeta lido por um outro poeta contemporâneo, que também comenta os pontos de interesse.

TV Brasil 17/11/11

16h00 – Sem Censura – Fausto Nilo e Armandinho lançam seus novos CD. Leda Nagle também conversa com a atriz Carolina Virguez e o escritor Carlos Eduardo Novaes.

20h30 – Revista do Cinema Brasileiro: Cinema e Arte – A diretora Bia Lessa fala sobre sua carreira no teatro e no cinema.

TV Brasil 18/11/11

17h30 – Chanchada – O programa Diverso de sexta-feira conta a história risonha da época da chanchada do cinema brasileiro. Gênero comum entre os anos 1930 e 1950,  se caracterizava pelas comédias musicais, misturadas com elementos de filmes policiais e de ficção científica. Período em que nomes como Oscarito e Grande Otelo dominaram a participação nas telonas nacionais.

19h30 – Os vinhos argentinos e uma aula de tango inclusiva – E uma entrevista com Paula Werneck, Adilson Xavier e Thalita Rebouças

Zé Luiz Pacheco visita uma vinícola na ArgentinaZé Luiz Pacheco visita uma vinícola na Argentina. No Programa Especial de sexta (18), às 19h30, a continuação da série de reportagens que Zé Luiz Pacheco fez na Argentina. Dessa vez, ele revela os sabores dos vinhos argentinos em uma visita à vinícola Septima, em Mendoza. Também no país portenho, uma aula de tango com pessoas com deficiência intelectual.

20h00 Almanaque Brasil – Em se plantando, tudo dá – Os poderes das plantas brasileiras e um papo gostoso com o xilogravurista J Borges.

O xilogravurista e cordelista J BorgesO xilogravurista e cordelista J Borges. No Almanaque Brasil de sexta, (18), às 20h, fértil em assuntos da cultura, o romantismo dos cantos de Odair José e a delicadeza da poesia de Cecília Meireles. No comando, Luciana Mello e Robson Nunes.

22h30 – Programa de Cinema – A Hora da Estrela – Filme retrata a tragédia social de uma retirante nordestina protagonizado por Marcélia Cartaxo

A Hora da Estrela - Programa de Cinema

A Hora da Estrela, de Suzana Amaral

A Hora da Estrela, baseado no romance homônimo de Clarice Lispector, é a atração de sábado (5), às 22h30. Primeiro longa de Suzana Amaral, narra a tragédia social do retirante nordestino a partir do percurso de Macabéa, uma imigrante alagoana que abandona o Nordeste para viver na metrópole.

TV Cultura/E Paraná – 17/11/11

O Pequeno Narigudo

O Pequeno Narigudo – Uma bruxa malvada procura um menino de coração puro como ingrediente final de seus planos sombrios. Então, ela encontra Jacob, o pobre filho do sapateiro da cidade, e aprisiona o rapaz em seu castelo. Quando o garoto se recusa a cooperar com a bruxa, ela lança uma magia e o transforma em um anão corcunda. Retornando à cidade, Jacob é alvo de piadas e brincadeiras de mau gosto e nem a sua mãe o reconhece. No entanto, ele conhece a princesa Greta e juntos eles irão lutar contra os planos e feitiços da bruxa.
Gênero: Infantil / Animação
Título original: Karlik Nos
Diretor: Ilya Maximov
Ano: 2003
País de origem: Rússia
Duração: 83 min.
Colorido
Classificação indicativa: Livre

Índia - Gavial / Tigre-de-Bengala

Índia – Gavial / Tigre-de-Bengala – Steve Backshall continua sua odisséia em Portugal, desta vez em busca de duas grandes e ameaçadas de extinção para adicionar à sua lista dos 60 Encontros Mortais.

19:15 – Pé na Rua

Vampiro ou Lobisomem?

Vampiro ou Lobisomem? A dica de hoje é o livro Drácula, de Bram Stoker.

Rehab - Amy Winehouse

Rehab – Amy Winehouse – A letra dessa música é autobiográfica e foi o maior sucesso da cantora. Você sabe o que ela diz?

19:55 – Cultura Livre – Danilo Moraes

Danilo Moraes

Roberta Martinelli recebe no estúdio o músico Danilo Moraes no Cultura Livre.

20:10 – Metrópolis

Metrópolis

O Metrópolis, programa de arte e cultura, é exibido de segunda a sexta-feira ao vivo com entrevistas conduzidas pelo diretor e apresentador Cadão Volpato, que conta ainda com a participação da repórter Adriana Couto e Andresa Boni. Aos sábados, o programa traz ainda uma compilação com o melhor da semana.

20:40 – Cultura Retrô

Destaques do programa de hoje:

Destaques do programa de hoje: – Consciência Negra – Emanoel Araújo – Programa Concerto – Maestro João Carlos Martins.

23:00 – Sangue Latino – Ángeles Mastretta

Ángeles Mastretta

Eric Nepomuceno conversa com a escritora mexicana Ángeles Mastretta. Conhecida pelo trabalho na literatura voltada ao público feminino, ela fala sobre sonhos e questiona o lugar da mulher de meia-idade na América Latina.

Profissão Perigo: A História dos Bandeirantes que Abriram o Brasil

Profissão Perigo: A História dos Bandeirantes que Abriram o Brasil. O documentário conta a história dos bandeirantes através dos depoimentos de estudantes, índios e historiadores. Programa produzido para homenagear os 500 anos do descobrimento do Brasil.
Gênero: Documentário
Título original: Profissão Perigo: a história dos Bandeirantes que abriram o Brasil
Diretor: Grima Grimaldi
Ano: 2000
País de origem: Brasil
Duração: 56 min.
Colorido
Classificação indicativa: 10 anos

00:30 – Roda Viva – Eliana Calmon

Eliana Calmon

A corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, ocupará o centro do Roda Viva. Durante a entrevista, conduzida pelo apresentador Mario Sergio Conti, a jurista deve falar, entre outros temas, sobre a corrupção no Judiciário e a crise instalada no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A bancada de entrevistadores será formada por Frederico Vasconcelos (repórter especial do jornal Folha de S. Paulo e editor do blog do Fred, na Folha.com e no UOL), Felipe Recondo (repórter do jornal O Estado de S. Paulo, especializado na cobertura do Judiciário), Germano Oliveira (chefe de redação da sucursal do jornal O Globo em São Paulo), Mário Simas Filho (diretor de redação da revista Istoé), Marina Amaral (jornalista e diretora da Pública – Agência de Jornalismo Investigativo) e Sérgio Renault (advogado, ex-secretário da reforma do Judiciário). O programa também conta com a participação do cartunista Paulo Caruso, com suas célebres charges.

TV Cultura/E Paraná – 18/11/11

14:00 –Doug

Doug na Moda / Correio Mania

Doug na Moda. Doug quer estar mais na moda, até que seus amigos o acusam de se vestir como o mais novo conquistador adolescente. Cansado de ser acusado de copiar o estilo de outros, Doug decide ir às compras para mudar o visual.

As Bicicletas de Belleville

As Bicicletas de Belleville. Madame Souza é uma velhinha portuguesa que dedica a vida a cuidar do neto, um garoto rechonchudo e melancólico. Para preencher o vazio na vida do menino, ela compra um cachorro. O animal, porém, é logo trocado por uma nova paixão: bicicletas. Apoiado pela avó, o rapaz cresce apaixonado pelo ciclismo. Mas ele desaparece durante uma competição e, assim, Madame Souza e o cão iniciam uma busca para encontrar o garoto. É quando chegam a uma megalópole localizada além do oceano chamada Belleville.
Gênero: Infanto-Juvenil
Título Original: Les Triplettes de Belleville
Diretor: Sylvain Chomet
Ano: 2003
País de Origem: França/Bélgica/Canadá/Reino Unido
Duração: 72 minutos
Colorido
Classificação indicativa: 10 anos

Bornéu - Morcegos de Lábios Enrugados / Centopéia Domestica

Bornéu – Morcegos de Lábios Enrugados / Centopéia Domestica. Em Bornéu na Malásia, Steve encontra milhares de baratas e um dos mais assustadores insetos rastejadores que ganham um lugar na sua lista, a centopéia domestica.

19:15 – Pé na Rua

Eu vivo no mundo da lua

Eu vivo no mundo da lua. A dica de hoje são os filmes do Frederico Fellini.

19:55 – Cultura Livre

Marginals

Marginals. Roberta Martinelli recebe no estúdio o grupo Marginals no Cultura Livre.

20:40 – Radiola

Vespas e Camelo

Vespas e Camelo. O quadro Ao Vivo do Radiola traz Bruna Caram e o Meretrio. A Trama Virtual conta com a participação da banda Vespas Mandarinas (foto). O grupo aborda a sua trajetória e revela detalhes dos novos projetos. O Matéria mostra a cena do forró na Europa em uma conversa descontraída com o compositor Miltinho Edilberto. O músico destaca o trabalho desenvolvido com o ritmo nordestino e as suas parcerias com Mariana Aydar e Duani Martins.

Dias Selvagens

Dias Selvagens. Em 1960, Yuddy é um belo jovem que acaba de descobrir que a mulher que o criou, uma prostituta bêbada, não é sua verdadeira mãe biológica. E ela se recusa a dizer a ele o nome de sua mãe. A revelação desencadeia em Yuddy uma série de perturbações mentais. Ao mesmo tempo, duas mulheres se apaixonam por ele, e Yuddy é incapaz de decidir com qual deve ficar.
Gênero: Drama
Título Original: A Fei Zheng Chuan
Direção: Wong Kar-Wai
Ano: 1990
País de Origem: Hong Kong
Duração: 92 min.
Colorido
Elenco: Leslie Cheung, Maggie Cheung, Andy Lau, Carina Lau, Rebecca Pan
Classificação indicativa: 14 Anos
Prêmios: 1991 – Hong Kong Film Awards – Melhor ator (Leslie Cheung), melhor direção de arte (William Chang), melhor fotografia (Christopher Doyle), melhor direção (Wong Kar-Wai) e melhor filme
1997 – Golden Bauhinia Awards – Prêmio Especial – Melhor filme de Hong Kong dos últimos 10 anos.

Os Cadernos Secretos de Nuremberg

Os Cadernos Secretos de Nuremberg (Inédito!).  Uma visão original do julgamento de Nuremberg, segundo os diários de Leon Goldensohn, o psiquiatra americano dos principais assassinos nazistas antes de sua execução. Conhecemos as imagens dos interrogatórios dos julgamentos de Nuremberg. Leon Goldensohn, um psiquiatra judeu americano, de 34 anos, passou seis meses visitando todos os dias os quatro prisioneiros de guerra principais antes de sua execução, Ele anotou escrupulosamente o que ouviu em pequenos cadernos.

00:45 – DOCTV

Bala Perdida

Bala Perdida – Esta história é muito pessoal, bem como a identidade de um povo. Em 29 de janeiro de 1982, quando eu tinha um ano e oito meses, meu irmão Osvaldo morreu cumprindo o serviço militar. O veredicto dos peritos militares: “acidente por bala perdida”. Desde então, a minha família tomou a decisão de marginalizar sua memória, esquecendo-a por necessidade, por auto-proteção e obrigação, entre outras razões. Minha memória não armazena nenhuma imagem dele, porém eu não havia esquecido.
Gênero: Documentário
Título Original: Bala Perdida
Diretor: Mauricio Durán Blacut
Ano: 2010
País de Origem: Bolívia
Duração: 52 min.
Colorido
Classificação indicativa: livre

TV Senado 17/11/11

13h:00     Cidadania Entrevista     A senadora Ana Rita (PT-ES), fala sobre os 10 anos das cotas
13h:30     Argumento     O projeto que prevê atendimento aos alunos que precisem de educação especiaL, sem limite de idade, já foi aprovado pelo Senado e está na Câmara. O autor da matéria, senador Cyro Miranda (PSDB-GO) dá os detalhes sobre o assunto
13h:50     Senado Agora     Jornalismo ao vivo
20h:00    Argumento     O senador Lobão Filho (PMDB-AM) fala sobre a reforma tributária
20h:15     Ecosenado     Espécies Ameaçadas
20h:35     Cidadania Entrevista     O professor da Universidade de São Paulo (USP), Leandro Piquet Carneiro, fala sobre a segurança pública no Brasil
21h:00     Jornal do Senado     Jornalismo ao vivo

 

Caros amigos e leitores, favor deixar comentarios, critica e sugetsões. Isso motiva à fazer novas e melhores postagens. Abraço!

Navegação de Posts