Academiæ

"Me disseram que pensar era ingênuo, e daí? Nossa geração não quer pensar. Pois que pense, a que há de vir."

Arquivo para a tag “Música”

Quelqu’un M’a Dit – Carla Bruni

Carla Bruni é ex-modelo profissional, cantora, e atual 1º Dama da França.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quelqu’un M’a Dit
Composição: Daniel De le Teoux
Carla Bruni

On me dit que nos vies ne valent pas grand-chose,
Elles passent en un instant comme fanent les roses,
On me dit que le temps qui glisse est un salaud,
Que de nos chagrins il s’en fait des manteaux.

Pourtant quelqu’un m’a dit que tu m’aimais encore,
C’est quelqu’un qui m’a dit que tu m’aimais encore,
Serais ce possible alors ? (refrain)

On me dit que le destin se moque bien de nous,
Qu’il ne nous donne rien, et qu’il nous promet tout,
Paraît que le bonheur est à portée de main,
Alors on tend la main et on se retrouve fou.

Pourtant quelqu’un m’a dit…

Mais qui est-ce qui m’a dit que toujours tu m’aimais?

Je ne me souviens plus, c’était tard dans la nuit,
J’entends encore la voix, mais je ne vois plus les
traits, “Il vous aime, c’est secret, ne lui dites pas
que je vous l’ai dit.”

Tu vois, quelqu’un m’a dit que tu m’aimais encore,
Me l’a t’on vraiment dit que tu m’aimais encore,
Serait-ce possible alors ?

On me dit que nos vies ne valent pas grand-chose,
Elles passent en un instant comme fanent les roses,
On me dit que le temps qui glisse est un salaud,
Et que de nos tristesses il s’en fait des manteaux.

Pourtant quelqu’un m’a dit…

TRADUÇÃO:
Alguém Me Disse
Carla Bruni

Falam que nossas vidas não valem grande coisa,
Elas passam em um momento como murcham as rosas.
Falam que o tempo que desliza é um bastardo
Que de nossas tristezas ele faz um casaco.

No entanto alguém me disse, que você ainda me ama,
Alguém que me disse que você ainda me ama
Será isto possível então?

Falam me que o destino se diverte conosco
Que não nos dá nada e que nos promete tudo
Que a felicidade está dentro do alcance,
Então você estende a mão e se descobre louco

No entanto alguém me disse…

Mas quem me disse que você sempre me ama?

Eu não recordo mais, era tarde da noite,
Eu ouço ainda a voz, mas eu não vejo o rosto
“Ele ama você, isso é segredo, não lhe diga
que eu disse a você”

Você vê alguém dizendo a mim que você ainda me ama,
Você realmente me disse que você ainda me ama,
Seria isto possível então?

Falam que nossas vidas não valem grande coisa,
Elas passam em um momento, como murcham as rosas
Falam que o tempo é um bastardo
Que nossas tristezas são aparência

No entanto alguém me disse…

Já que eu arranjei um amiga à francesa, resolvi homenagear ela.
Bom feriado Mademoiselle Dry
^^
Anúncios

Is This Love? – Bob Marley

Estou ha 2 dias ouvindo essa música sem parar, como gostei muito dela estou sugerindo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Is This Love?
Bob Marley

I wanna love you and treat you right
I wanna love you every day and every night
We’ll be together with a roof right over our heads
We’ll share the shelter of my single bed
We’ll share the same room, yeah, but jah provide the breadIs this love, is this love, is this love
Is this love that I’m feelling’?
Is this love, is this love, is this love
Is this love that I’m feeling’?

I wanna know, wanna know, wanna know now
I got to know, got to know, got to know now
I, I, I, I, I, I, I, I, I, I’m willing and able
So I throw my cards on your table

I wanna love you, I wanna love and treat, love and treat you right
I wanna love you every day and every night
We’ll be together yeah, with a roof right over our heads
We’ll share the shelter yeah, oh yeah, of my single bed
We’ll share the same room yeah, but jah provide the bread

Is this love, is this love, is this love
Is this love that I’m feeling’?
Is this love, is this love, is this love
Is this love that I’m feeling’?
Wo-o-o-oah!

Oh yes I know, yes I know, yes I know now
Oh yes I know, yes I know, yes I know now
I, I, I, I, I, I, I, I, I, I’m willing and able
So I throw my cards on your table

See I wanna love ya, I wanna love and treat ya, love and treat ya right
I wanna love you every day and every night
We’ll be together with a roof right over our heads
We’ll share the shelter of my single bed
We’ll share the same room yeah, but jah provide the bread
We’ll share the shelter of my single bed

TRADUÇÃO:
Isso é amor?
Bob Marley
Eu quero amá-la e tratá-la direito
Eu quero amar você a cada dia e cada noite
Estaremos juntos com um teto bem em cima das nossas cabeças
Nós iremos compartilhar o refúgio da minha cama de solteiro
Iremos partilhar o mesmo quarto, sim, porém Jah proverá o pãoÉ amor, é amor, é amor
É amor que estou sentindo?
É amor, é amor, é amor
É amor que estou sentindo?

Eu quero saber, quero saber, quero saber agora
Eu tenho de saber, tenho que saber, tenho que saber agora
Eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, estou disposto e capaz
Então jogo minhas cartas em sua mesa

Eu quero amá-la, eu quero amá-la e tratá-la, amá-la e tratá-la direito
Eu quero amar você a cada dia e cada noite
Estaremos juntos com um teto bem em cima das nossas cabeças
Nós iremos compartilhar o refúgio da minha cama de solteiro
Iremos partilhar o mesmo quarto, sim, porém Jah proverá o pão

É amor, é amor, é amor
É amor o que estou sentindo?
É amor, é amor, é amor
É amor o que estou sentindo?
Wo-o-o-oah!

Oh sim eu sei, sim eu sei, sim eu sei agora
Oh sim eu sei, sim eu sei, sim eu sei agora
Eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, estou disposto e capaz
Então eu jogo minhas cartas em sua mesa

Veja eu quero te amar, quero amar e tratar-te, amar-te e tratar-te bem
Eu quero amar você a cada dia e cada noite
Estaremos juntos com um teto bem em cima das nossas cabeças
Nós iremos compartilhar o refúgio da minha cama de solteiro
Iremos compartilhar a mesma sala sim, porém Jah proverá o pão
Nós iremos compartilhar o refúgio da minha cama de solteiro

Breaking All The Rules

We are the people one and all
From deliverance to the fall
From the battle and the heat
To our triumph and defeat
We are the young ones crying out
Full of anger, full of doubt
And we’re breaking all of the rules
Never choosing to be fools
We are tired of being used
We are constantly excused
In the battle and the heat
In the shadow of retreat
We are the young ones crying out
Full of anger, full of doubt
And we’re breaking all of the rules
Never choosing to be fools
We are the people one and all
From deliverance to the fall
From the bitter to the brave
From the cradle to the grave
We are the young ones crying out
Full of anger, full of doubt
And we’re breaking all of the rules
Never choosing to be fools
TRADUÇÃO:

Quebrando Todas As Regras

Nós somos o povo, todo mundo
Da salvação até a queda
Da batalha e do calor
Para o nosso triunfo e derrota
Nós somos os jovens que estão gritando
Cheios de fúria, cheios de dúvidas
E estamos violando todas as regras
Nunca escolhendo sermos tolos
Nós estamos cansados de ser usados
Nós somos constantemente desculpados
Na batalha e no calor
Na sombra da retirada
Nós somos os jovens que estão gritando
Cheios de fúria, cheios de dúvidas
E estamos violando todas as regras
Nunca escolhendo sermos tolos
Nós somos o povo, todo mundo
Da salvação até a queda
Do áspero até o corajoso
Do berço até o túmulo
Nós somos os jovens que estão gritando
Cheios de fúria, cheios de dúvidas
E estamos violando todas as regras
Nunca escolhendo sermos tolos

Clube Dos Canalhas – Matanza

Clube Dos Canalhas

Capa do Album

Matanza

Vai chegar de madrugada e ela vai querer saber
Onde foi, aonde esteve e o que foi fazer
Mas à todas as perguntas sabe responder
Tem um plano A e tem um plano B

Se você nunca se contradiz
Não abre mão do que te faz feliz
Se não há nada que abale sua paz
Já nasceu sabendo como é que se faz
e tudo segue do jeito que sempre quis

Temos um sócio no Clube dos Canalhas
Não admitimos que apontem nossas falhas
Queremos todo dia tudo isso que a vida tem de bom

Farra para tudo é um bom remédio
Só um idiota completo morre de tédio
Queremos todo dia tudo isso que a vida tem de bom

Sabe o quanto é importante não dar muita explicação
Não há nada de extraordinário na situação
O segredo do sucesso é a moderação
ter um dia sim e ter um dia não

Se você nunca se contradiz
Não abre mão do que te faz feliz
Se não há nada que abale sua paz
Já nasceu sabendo como é que se faz
e tudo segue do jeito que sempre quis

Temos um sócio no Clube dos Canalhas
Não admitimos que apontem nossas falhas
Queremos todo dia tudo isso que a vida tem de bom

Farra para tudo é um bom remédio
Só um idiota completo morre de tédio
Queremos todo dia tudo isso que a vida tem de bom.

 

Alguém sabe dizer quais pensamentos filosoficos pode ser extraidos dessa letra? Eu identifiquei 2, você saberia dizer quais? Fora elas encontrou mais algum?

Under The Same Sun

Capa do Album

Under The Same Sun
Scorpions

I saw the morning
It was shattered by a gun
Heard a scream, saw him fall, no one cried
I saw a mother
She was praying for her son
Bring him back, let him live, don’t let him dieDo you ever ask yourself
Is there a Heaven in the sky
Why can’t we get it right

‘cause we all live under the same sun
We all walk under the same moon
Then why, why can’t we live as one

I saw the evening
Fading shadows one by one
We watch the lamb, lay down to the sacrifice
I saw the children
The children of the sun
How they wept, how they bled, how they died

Do you ever ask yourself
Is there a Heaven in the sky
Why can’t we stop the fight

‘cause we all live under the same sun
We all walk under the same moon
Then why, why can’t we live as one

Sometimes I think I’m going mad
We’re loosing all we had and no one seems to care
But in my heart it doesn’t change
We’ve got to rearrange and bring our world some love

And does it really matter
If there’s a heaven up above
We sure could use some love

‘Cause we all live under the same sky
We all look up at the same stars
Then why, why can’t we live as one?
‘Cause we all live under the same sun
We all walk under the same moon
We all live under the same sky
We all look up at the same stars
Then why, tell me why can’t we live as one?

TRADUÇÃO:
Sob o Mesmo Sol
Eu vi o amanhã
Ele foi destruído por uma arma
Ouvi um grito, o vi cair, ninguém chorou
Eu vi uma mãe
Ela estava rezando por seu filho
Traga-o de volta, deixe-o viver, não o deixe morrerVocê sempre se pergunta
Se existe um paraíso no céu
Por que não podemos alcançá-lo direito

Porque nós todos vivemos sob o mesmo sol
Nós todos caminhamos sob a mesma lua
Então por que, por que não podemos viver unidos

Eu vi o anoitecer
Desvanecendo as sombras uma a uma
Nós vimos o cordeiro, se curvar para o sacrifício
Eu vi as crianças
As crianças do sol
Como elas lamentam, como elas sangram, como elas morrem

Você sempre se pergunta
Se existe um paraíso no céu
Por que não podemos parar a luta

Porque nós todos vivemos sob o mesmo sol
Nós todos caminhamos sob a mesma lua
Então por que, por que não podemos viver unidos

Às vezes eu penso que estou ficando louco
Nós estamos perdendo tudo que temos e ninguém parece se importar
Mas no meu coração isso não muda
Nós precisamos nos recompor e trazer um pouco de amor ao nosso mundo

E tem realmente importância
Se existe um paraíso lá em cima
Nós certamente poderíamos ter um pouco de amor

Porque nós todos vivemos sob o mesmo céu
Nós todos olhamos as mesmas estrelas
Então por que, por que não podemos viver unidos
Porque nós todos vivemos sob o mesmo sol
Nós todos caminhamos sob a mesma lua
Porque vivemos sob o mesmo céu
Nós todos olhamos as mesmas estrelas
Então por que, diga me por que não podemos viver unidos

Cotidiano – Chico Buarque

Cotidiano
Chico Buarque

 

 

 

 

Todo dia ela faz tudo sempre igual
Me sacode às seis horas da manhã
Me sorri um sorriso pontual
E me beija com a boca de hortelã

Todo dia ela diz que é pra eu me cuidar
E essas coisas que diz toda mulher
Diz que está me esperando pro jantar
E me beija com a boca de café

Todo dia eu só penso em poder parar
Meio dia eu só penso em dizer não
Depois penso na vida pra levar
E me calo com a boca de feijão

Seis da tarde como era de se esperar
Ela pega e me espera no portão
Diz que está muito louca pra beijar
E me beija com a boca de paixão

Toda noite ela diz pra eu não me afastar
Meia-noite ela jura eterno amor
E me aperta pra eu quase sufocar
E me morde com a boca de pavor

Todo dia ela faz tudo sempre igual
Me sacode às seis horas da manhã
Me sorri um sorriso pontual
E me beija com a boca de hortelã.

– Chico Buarque é um dos maiores expoentes da música brasileira.

Música: Laid – Matt Nathanson

 

 

 

 

 

 

Laid Matt Nathanson

This bed is on fire with passion and love
The neighbors complain about the noises above
But she only cums when she’s on top
My therapist said not to see you no more
She said you’re like a disease without any cure
She said I’m so obsessed that I’ll become a bore, oh no
Ah you think you’re so pretty
(eeeeeeeeeeeee eeeeeeeeeeeeeee)

Caught your hand inside the till
Slammed your fingers in the door
Bought the kitchen knives and skewers
Dressed me up in women’s clothes
Messed around with gender roles
Dye my eyes and call me pretty

Moved out of the house so you moved next door
I locked you out you cut a hole in the wall
I found you sleeping next to me I thought I was alone
You’re driving me crazy when are you coming home

TRADUÇÃO
Definidos (ou destinados)
Esta cama esta incendiada com paixão e amor,
Os vizinhos reclamam dos barulhos que vem de cima
Mas ela só goza quando está por cima
Minha terapeuta disse para não ver mais você
Ela disse que você é como uma doença sem cura
Ela disse que eu estou tão obcecado que eu virarei um chato, oh não
Ah você se acha tão bonita
(eeeeeeeeeeeee eeeeeeeeeeeeeeeee)

Peguei você roubando,
Esmaguei seus dedos na porta,
Lutamos com facas de cozinha e espetos,
Me vesti com roupa de mulher,
Zuei com os papéis de gênero*
Pinte meus olhos e me chame de linda!

Mudei de casa você mudou para casa ao lado
Tranquei você para fora, você abriu um buraco na parede
Encontrei você durmindo ao meu lado, pensei que estivesse sozinho
Você esta me enlouquecendo,
Quando que você vai voltar de novo para casa?

Obs: * papéis de gênero (masculino e feminino) o cantor quer dizer que resolveu se comportar como mulher!
Curiosidade:
Essa música é a song theme do famoso e bem humorado filme American Pie: O Casamento e também é o item principal da OST do novo filme da série que será lançando em 2012, American Pie: A Reunião que terá os personagens originais dos três primeiros filmes da franquia.

Losing My Religion

Um dos melhores albuns da banda

R. E. M.
Losing My Religion
Oh, Life is bigger
It’s bigger than you
and you are not me
The lengths that I will go to
The distance in your eyes
Oh no I’ve said too much
I set it up

That’s me in the corner
That’s me in the spotlight
Losing my religion
Trying to keep up with you
And I don’t know if I can do it
Oh no, I’ve said too much
I haven’t said enough
I thought that I heard you laughing
I thought that I heard you sing
I think I thought I saw you try

Every whisper
Of every waking hour I’m
Choosing my confessions
Trying to keep eye on you
Like a hurt lost and blinded fool (fool!)
Oh no I’ve said too much
I set it up

Consider this (2x)
The hint of the century
Consider this
The slip that brought me
To my knees failed
What if all these fantasies
Come flailing around
Now I’ve said too much
I thought that I heard you laughing
I thought that I heard you sing
I think I thought I saw you try

But that was just a dream
That was just a dream

That’s me in the corner
That’s me in the spot light
Losing my religion
Trying to keep up with you
And I don’t know if I can do it
Oh no, I’ve said too much
I haven’t said enough
I thought that I heard you laughing
I thought that I heard you sing
I think I thought I saw you try

But that was just a dream (try… cry… why… try)
That was just a dream, just a dream, just a dream, dream…

Perdendo Minha Religião
A vida é maior,
É maior do que você,
E você não sou eu.
Os extremos que eu irei até
A distância em seus olhos.
Oh, não, eu falei demais,
Eu puxei o assunto…

Aquele sou eu no canto,
Aquele sou eu no centro das atenções,
perdendo minha religiao
Tentando me igualar a você,
E eu não sei se eu consigo fazer isso….
Oh, não, eu falei demais,
Eu não disse o suficiente.
Eu achei que ouvi você rindo,
Eu achei que ouvi você cantar,
Eu acho que pensei ter visto você tentar…

Cada sussurro
De cada hora acordado, estou
Escolhendo minhas confissões,
Tentando ficar de olho em você,
Como um bobo magoado, perdido e cego.
Oh, não, eu falei demais,
Eu puxei o assunto…

Considere isto [2x]
A dica do século,
Considere isto
O deslize que me deixou
De joelhos, no chão.
E o que aconteceria se todas essas fantasias
se tornassem realidade?
Agora eu falei demais…
Eu achei que ouvi você rindo,
Eu achei que ouvi você cantar,
Eu acho que pensei ter visto você tentar…

Mas aquilo foi apenas um sonho,
Aquilo foi apenas um sonho…

Aquele sou eu no canto
Aquele sou eu no centro das atenções,
perdendo minha religião
Tentando me igualar a você,
E eu não sei se eu consigo fazer isso….
Oh, não, eu falei demais,
Eu não disse o suficiente.
Eu achei que ouvi você rindo,
Eu achei que ouvi você cantar,
Eu acho que pensei ter visto você tentar…

Mas aquilo foi apenas um sonho (tente… chore… por que… tente)
Aquilo foi apenas um sonho, apenas um sonho, apenas um sonho,
um sonho…

Sugestão de música: My Body Is A Cage

My Body Is A Cage

Peter Gabriel

Peter Gabriel é o couver oficial dos Arcade Fire

My Body Is A Cage

My body is a cage that keeps me
From dancing with the one I love
But my mind holds the key
My body is a cage that keeps me
From dancing with the one I love
But my mind holds the key
I’m standing on a stage
Of fear and self-doubt
It’s a hollow play
But they’ll clap anyway
My body is a cage that keeps me
From dancing with the one I love
But my mind holds the key
You’re standing next to me
My mind holds the key
I’m living in an age
That calls darkness light
Though my language is dead
Still the shapes fill my head
I’m living in an age
Whose name I don’t know
Though the fear keeps me moving
Still my heart beats so slow
My body is a cage that keeps me
From dancing with the one I love
But my mind holds the key
You’re standing next to me
My mind holds the key
My body is a
My body is a cage
We take what we’re given
Just because you’ve forgotten
That don’t mean you’re forgiven
I’m living in an age
That screams my name at night
But when I get to the doorway
There’s no one in sight
My body is a cage that keeps me
From dancing with the one I love
But my mind holds the key
You’re standing next to me
My mind holds the key
Set my spirit free
Set my spirit free
Set my body free
TRADUÇÃO:

Meu Corpo É Uma Jaula

Meu corpo é uma jaula, que me impede
De dançar com quem amo
Porém minha mente segura a chave
Meu corpo é uma jaula, que me impede
De dançar com aquela que amo,
Porém minha mente segura a chave
Eu estou em uma cena
De medo e insegurança
É uma peça horrível,
Mas eles aplaudirão mesmo assim
Meu corpo é uma jaula, que me impede
De dançar com quem amo,
Porém minha mente segura a chave
Você está perto de mim
E minha mente segura a chave
Estou vivendo em uma época
Que chama a escuridão de luz
E apesar de minha língua estar morta,
Suas formas ainda preenchem a minha cabeça
Estou vivendo em uma época
Cujo nome não sei
E apesar do medo me manter seguindo em frente
Meu coração ainda bate tão lentamente
Meu corpo é uma jaula, que me impede
De dançar com aquela que amo
Porém minha mente segura a chave
Você está em pé ao meu lado
E minha mente segura a chave
Meu corpo é uma…
Meu corpo é uma jaula
Nós usamos o que nos foi dado
E só porque você esqueceu
Não quer dizer que esteja perdoado
Estou vivendo em uma época
Que grita meu nome à noite
Porém quando eu chego à saída
Não há ninguém à vista
Meu corpo é uma jaula, que me impede
De dançar com quem amo,
Porém minha mente segura a chave
Você está perto de mim
E minha mente segura a chave
Liberte o meu espírito
Liberte o meu espírito
Liberto o meu corpo
OBS: Se você gostou conheça outras músicas de Peter Gabriel.

Para ouvir: Close to the Edge

Close To The Edge Yes
I The Solid Time Of Change

A seasoned witch could call you from the depths of your disgrace
And rearrange your liver to the solid mental grace
And achieve it all with music that came quickly from afar
Then taste the fruit of man recorded losing all against the hour
And assessing points to nowhere, leading every single one
A dewdrop can exalt us like the music of the sun
And take away the plain in which we move
And choose the course you’re running

Down at the edge, round by the corner
Not right away, not right away
Close to the edge, down by a river
Not right away, not right away

Crossed the line around the changes of the summer
Reaching out to call the color of the sky
Passed around a moment clothed in mornings faster than we see
Getting over all the time I had to worry
Leaving all the changes far from far behind
We relieve the tension only to find out the master’s name

Down at the end, round by the corner
Close to the edge, just by a river
Seasons will pass you by
I get up, I get down
Now that it’s all over and done
Now that you find, now that you’re whole

II Total Mass Retain

My eyes convinced, eclipsed with the younger moon attained with love
It changed as almost strained amidst clear manna from above
I crucified my hate and held the word within my hand
There’s you, the time, the logic, or the reasons we don’t understand

Sad courage claimed the victims standing still for all to see
As armoured movers took approached to overlook the sea
There since the cord, the license, or the reasons we understood will be

Down at the edge, close by a river
Close to the edge, round by the corner
Close to the end, down by the corner
Down at the edge, round by the river

Sudden problems shouldn’t take away the startled memory
All in all, the journey takes you all the way
As apart from any reality that you’ve ever seen and known
Guessing problems only to deceive the mention
Passing paths that climb halfway into the void
As we cross from side to side, we hear the total mass retain

Down at the edge, round by the corner
Close to the end, down by a river
Seasons will pass you by
I get up, I get down

III I Get Up, I Get Down

In her white lace, you could clearly see the lady sadly looking
Saying that she’d take the blame
For the crucifixion of her own domain

I get up, I get down
I get up, I get down

Two million people barely satisfy
Two hundred women watch one woman cry, too late
The eyes of honesty can achieve
How many millions do we deceive each day?

I get up, I get down
I get up, I get down

In charge of who is there in charge of me
Do I look on blindly and say I see the way?
The truth is written all along the page
How old will I be before I come of age for you?

I get up, I get down
I get up, I get down
I get up, I get down

IV Seasons Of Man

The time between the notes relates the color to the scenes
A constant vogue of triumphs dislocate man, it seems
And space between the focus shape ascend knowledge of love
As song and chance develop time, lost social temp’rance rules above
Ah, ah

Then according to the man who showed his outstretched arm to space
He turned around and pointed, revealing all the human race
I shook my head and smiled a whisper, knowing all about the place
On the hill we viewed the silence of the valley
Called to witness cycles only of the past
And we reach all this with movements in between the said remark

Close to the edge, down by the river
Down at the end, round by the corner
Seasons will pass you by
Now that it’s all over and done
Called to the seed, right to the sun
Now that you find, now that you’re whole
Seasons will pass you by

I get up, I get down
I get up, I get down
I get up, I get down
I get up

TRADUÇÃO

Perto da Borda  Yes
A temporada de caça as bruxas poderia chama-lo das profundezas de sua desgraça.
E rearrumar seu fígado para a solidez da graça espiritual.
E realizar tudo com a música que desceu rapidamente de muito distante.
Então experimentar os frutos dos homens do passado,
eventualmente perdendo tudo na última hora.

Acessando os pontos para lugar nenhum, liderando cada único indivíduo.
Uma gota de orvalho pode nos exaltar como a música do sol.
E retirar-te dos planos em que moves
E finalmente escolher o caminho que corres.

Descendo pela borda, logo após a esquina.
Ainda não, ainda não.
Próximo da borda, descendo pelo rio.
Ainda não, ainda não.

Atravessado a linha em torno das mudanças do verão,
Alcançando o exterior para chamar a cor do céu.
Passado cerca de um momento vestido matinalmente mais rápido do que se vê.
Superando todo tempo que eu tive de me preocupar,
Deixando todas as mudanças para trás.
Nós aliviamos a tensão só pra descobrir o nome do mestre.

Descendo pelo final, logo após a esquina.
Perto da borda, à margem do rio.
Estações vão lhe passar.
Eu me levanto, eu me abaixo.
Agora que esta tudo pronto e terminado,
Agora que você achou, agora que você é inteiro

Meus olhos crentes, eclipsados com a lua nova conquistados pelo amor.
Isto mudou quase que como as tenções entre o maná purificado dos céus.
Eu crucifiquei meu ódio e segurei a palavra dentro de minha mão.
Há você, o tempo, a lógica, ou as razões que não entendemos.

Triste coragem das vítimas ainda de pé para todos verem.
Como tanques blindados aproximaram-se para esquecer o mar.
Desde o cordão, a licença, ou as razões que nos seremos entendidos.

Descendo pela borda, próximo do rio.
Próximo da borda, logo após a esquina.
Próximo do fim, descendo pela esquina.
Descendo pela borda, logo após o rio.

Problemas repentinos não deveriam levar as memórias súbitas.
No final das contas, a viagem o leva por todo o caminho.
Como que separado de qualquer realidade que você tenha visto e conhecido.
Adivinhando problemas só para enganar as menções.
Fazendo caminhos que quase sobem para o vazio.
Enquanto atravessamos de um lado para outro, ouvimos a retenção de total massa.

Descendo pela borda, logo após a esquina.
próximo ao fim, descendo pelo rio.
Estações vão lhe passar.
Eu me levanto, eu me abaixo.

Em seu laço branco, você poderia ver claramente a moça olhando tristemente,
Dizendo que ela iria assumir a culpa
Da crucificação de seu próprio domínio.

Eu me levanto, eu me abaixo.
Eu me levanto, eu me abaixo.

Duas milhões de pessoas quase não satisfeitas.
Duas mil mulheres assistem uma chorar, muito tarde.
Os olhos da honestidade podem alcançar.
Quantos milhões vamos enganar por dia?

Eu me levanto, eu me abaixo.
Eu me levanto, eu me abaixo.

No cargo de quem está lá pra me acusar.
Eu pareço cego e digo que vejo o caminho?
A verdade esta escrita por toda a página.
Quão velho estarei antes de ter idade para você?

Eu me levanto, eu me abaixo.
Eu me levanto, eu me abaixo.
Eu me levanto, eu me abaixo.

O tempo entre notas relacionam a cor com as cenas.
Uma constante moda de triunfos deslocam o homem de como ele realmente é.
E o espaço entre o foco da forma ao aperfeiçoamento do conhecimento do amor.
Como musica e chance desenvolve tempo, perdendo regras sociais superiores.
Ah, ah

Então, de acordo com o homem que mostrou seu braço estendido para o espaço
Ele virou e apontou, revelando toda a raça humana.
Balancei a cabeça e sorri um sussuro, sabendo tudo sobre o local.
No monte nos vimos o silêncio do vale.
Chamado para testemunhar somento ciclos do passado.
E alcançamos tudo isso com movimentos entre a observação apresentada.

Descendo pela borda, próximo do rio.
Descendo pelo fim, logo após a esquina.
Estações vão lhe passar.
Agora esta tudo acabado e pronto.
Chamado para a semente, direto ao sol.
Agora que você achou, agora que esta completo.
Estações vão lhe passar.

Eu me levanto, eu me abaixo.
Eu me levanto, eu me abaixo.
Eu me levanto, eu me abaixo.
Eu me levanto.

Inspirada na obra Sidarta de HERMANN HESSE.
Saiba mais aqui!

Navegação de Posts