Academiæ

"Me disseram que pensar era ingênuo, e daí? Nossa geração não quer pensar. Pois que pense, a que há de vir."

Arquivo para a tag “Quadrinhos”

Unbreakable – Corpo Fechado

Muito bom, surpreendente feito de M. Night Shyamalan.

Dizem que quem avisa amigo é, então se você já começou a ler esse post sem antes ter assistido o filme pare e vá até a locadora mais próxima (ou faça o download dele se sua net for boa ^^) e depois volte e diga o que achou.

A proposta foi interessante: filmar uma história em quadrinhos, com seus respectivos personagens fantásticos, como um drama realista (conflitos domésticos). A idéia era criar um contraste violento – mas nada óbvio, já que isso só é percebido lentamente, entre a narrativa tradicional de uma HQ, com muita ação e ritmo alucinante, e o que efetivamente está na tela, um lento e sombrio deslocamento dos personagens rumo à sua verdade existencial reveladora. Verdade que, engenhosamente, também só será descoberta pelo espectador no fim. E estou até agora revendo o filme em meus pensamentos. Puxa! Finalmente fizeram um filme que trata os quadrinhos com o respeito que nós amantes dos bons e velhos gibis podemos assistir sem medo (já era tempo né?!) Atente para todos os detalhes do filme: música, informações, atuação, desenrolar. Do começo ao fim, o filme é perfeito, destaque para a primeira “missão” do Sentinela.

Sinopse:

atuação brilhante desse dois, melhor que em Duro de Matar 2

David Dunn, é o único sobrevivente de um terrível acidente de trem, dias depois de seu acidente ele é procurado pelo estranho Elijah Price, que tenta convencê-lo que ele é como atributos e capacidades além de um homem comum.

Enredo (Primeira Parte):

Elijah Price (interpretado por Samuel L. Jackson) nasce com o tipo 1 da Osteogênese Imperfeita, popularmente conhecida como Osso de Vidro uma doença rara na qual os ossos se quebram facilmente. Durante suas muitas estadias no hospital onde seu único passatempo era ler histórias em quadrinhos, Price teoriza, que se ele é frágil, deve existir alguém que é o seu oposto, alguém “inquebrável”.

Anos mais tarde, o guarda de segurança, David Dunn (atuação de Bruce Willis), também está procurando significado na sua vida. Há muitos anos, ele desistiu de uma promissora carreira de futebol americano para se casar com seu grande amor, Audrey (Robin Wright Penn), depois que se envolveram em um acidente de carro. No entanto seu casamento esta se dissolvendo, para a angústia de seu jovem filho, Joseph (Spencer Treat Clark). Retornando de uma entrevista de emprego em Nova York, David e o único sobrevivente de um terrível acidente de trem que mata 131 pessoas, é um detalhe: David não sofre nem um arranhão. David é contactado pelo já adulto, Elijah, que apresenta a teoria de que David pode ser um tipo de super-herói igual aos das revistas em quadrinhos.

Um heroi possível. Melhor que Kick-Ass.

SOBE AS MINHAS LENTES:

Em Unbreakable (Corpo Fechado é o titulo de lançamento no Brasil, convenhamos que mais uma vez os tradutores fizeram um serviço porco com essa tradução) o diretor e roteirista M. Night Shyamalan, fez um trabalho incrível, a figura do herói e do vilão aqui foram tão bem elaboradas que nos leva pensar “O que é ser um herói?”, o personagem de Bruce Willis é muito forte, mas não veremos ele empilhando carros ou fazendo malabarismo com caminhões. Continuando a análise – dos visuais exuberantes e enredos ridículos; é notório que o mercado de HQs sofreu um declínio pesado. De certa forma, essa crise nada mais é do que um sintoma; um sinal de doença em uma sociedade onde a criatividade e a imaginação, quando não vem mastigada e pronta, é posta de lado. O filme tem como tema principal um dos aspectos da chamada mitologia dos super-heróis dos quadrinhos ou seja, a de que todo herói deve possuir um arqui-inimigo, que geralmente se torna um super-vilão em função das ações de seu futuro antagonista. O Lex Luthor original se torna um vilão depois de um acidente com o Super-Homem; os inimigos insanos do Batman assumiriam suas fantasias e personalidades malignas inspirados pelo surgimento do herói e assim por diante.

Anúncios

TRANSFORMERS – HQ

Deixo aqui a sugestão de leitura de uma das mais fascinantes HQs que já li. A bem elaborada saga TRANSFORMERS.

Os originais, a aventura e a conclusão da trama. (Emocionante, nota 10!)

Diferente da trilogia cinematográfica (que também é boa, embora eu não tenha gostado tanto do último filmes quanto gostei dos dois anteriores) essa saga final tem todos os elementos que uma verdadeira trama precisa, aventura, fantasia, conspiração, sacrifícios, traição e ação. E não vou mentir que é uma trama magnifica e emocionante. Recomendo para todos, sejam fãs de quadrinhos ou não, essa historia vale apena conferir. E gostaria de agradecer meu amigo Janilson por ter me emprestado as revistas para ler enquanto esperava para mais uma divertida sessão de RPG. Valeu cara, abraço!

Traços, Palavras e Sabedoria.

Essa é minha 75ª postagem e com ela o status sobe para 3 estrelas no servidor do WordPress. Para comemorar vou dedicar essa postagem as pobres mentes que por sua arrogância e teimosia em não reconhecer o valor e a importância da Nona Arte.

Heróis, sejam eles fictícios ou não, o ser humano sempre precisará de um.

Dos quatro pilares nos quais se assenta a cultura humana (Arte, Mística, Filosofia e Ciência), a Arte é muito provavelmente a mais antiga a ser regularmente praticada pela humanidade. A constatação é verificada entre nas peculiares pinturas feitas pelos primatas ou pelos detalhes em objetos de cerâmica. A palavra arte é hoje é muito mal empregada, qualquer coisa vira “arte” se é citada num jornal ou comentada por alguma pessoa famosa, as Artes nos dias atuais são dividias em áreas assim: Música, Dança, Pintura, Escultura, Literatura, Teatro, Cinema, Fotografia e Arte Sequencial (ou também conhecida como quadrinhos, banda desenhada ou grafic novel). É importante lembrar que essa sequência NÃO está disposta em uma hierarquia, o Cinema por exemplo só foi inventado depois da Fotografia e é chamado como a Sétima Arte, mas sem nenhum peso de importância maior que as outras Artes.

Só a riqueza de detalhes e as cores já é digna de apreciação.

Ontem tive uma conversa com uma amiga da faculdade, do curso de Letras, apesar de ser uma ótima pessoa ela insiste em achar que desenhos, quadrinhos e qualquer coisa do gênero é coisa de criança e categorizar dizendo que “Não é leitura”. Minha cara amiga esse pensamento é muito atrasado, já foi se o tempo em que ao ver um adulto lendo um gibi era sinal de ignorância, infantilidade, retardo mental ou pouca inteligência. Qualquer um que ainda pense assim, é o verdadeiro atraso. Você nem vislumbra nos desenhos, o teor filosófico, psicológico e as informações cientificas dignas de uma especialização. E para mostrar um tostão do valor profundo e criativo dos quadrinhos, vou citar algumas das frases de quadrinhos (HQs e Mangás) e desenhos animados (ocidentais e orientais) que me chamaram (e ainda chamam) a atenção, e convido a qualquer um a acrescentar nos comentários qualquer frase não citada, que tenha sido marcante para si e que queira compartilhar.

Essa imagem por si só já é uma opção de "leitura".

“Só os fracos sucumbem a brutalidade.” – Super-homem em conversa com a Mulher-Maravilha, O Reino do Amanhã.

“Quer dores físicas ou psíquicas, o crime fere todos que toca, traz lesão e morte e no final destrói toda a esperança.” – Batman, em Batman – Guerra ao Crime.

Quis custodiet ipsos custodies.” Celebre citação latina que citada por Batman na Séria Liga da Justiça e na obra de Alan Moore, referente as precauções com as autoridades é posta em Watchmen como “Quem vigia os Vigilantes?” que é um tema na política (a frase original é de Juvenal o poeta).

“As maiores vitórias são as lições aprendidas no decorrer da jornada.” –  Thanos, o arquivilão da Marvel. Ao se justificar a Adam Warlock no final da Trilogia do Infinito sobre se havia valido a pena ter tido o poder supremo só pra depois deixar-se ser derrotado.

“Não existe coincidências, somente o inevitável.” – Mizuki, Sakura Card Captors

“Viver e superar os medos é uma tarefa muito árdua.” – Miroku, Inuyasha.

“Os túmulos ficam para o consolo dos corações dos que ainda vivem.” – Kaede, Inuyasha.

A fina arte de contar histórias com imagens.

“Você tem braços e pernas perfeitas….use-as!” – Edward Elric, personagem de Full Metal Alquimista que ao mexer com conhecimentos proibidos acaba perdendo um braço e uma perna, e passou a usa próteses.

“A vida é boa só pelo fato de existir.” – Digimon.

“Acho que vocês ainda não entenderam… Não sou eu que estou, preso aqui com vocês… São vocês que estão presos comigo… – Rorchack, Watchmen. Quando personagem (um vigilante) é preso e vai parar na cadeia onde muitos dos presos estão lá por sua causa.

“Com grandes poderes vem grandes responsabilidades.” – Ben Parker (o Tio Ben), Homem-Aranha. Essa é de longe uma das mais clássicas frases das histórias em quadrinhos!

“Senhores estamos sendo atacados; vamos tomar um chá.” – Aizen, Bleach.

“Se eu não empunhar a espada, não posso te proteger. Mas se eu empunhar a espada, não posso te abraçar.” – Kurosaki Ichigo, Bleach.

“Esse país está doente e não pode ser curado, pois não existe remédio para a ignorância. ” – Dalton, One Piece.

Um perfeita opção para apreciadores do gênero Romance Policial.

“Shaaaanks (choro de criança) seu braço.” “Um braço é um preço barato a se pagar , estou feliz que você esteja bem.” – Shanks, One Piece. Após salvar Luffy de ser devorado por um monstro do mar.

“Arriscar a vida e desperdiçá-la totalmente em vão, são coisas distintas.” – L, Death Note.

“Não importa o quanto tente, você sozinho não pode mudar o mundo. Mas este é o lado bonito do mundo.” – L, Death Note.

“Agora vocês já podem ir pra casa tomar café com leite.” – Vegeta, DBZ. Para Kulilin e Yancha ao chegar no campo de batalha.

Alan Moore e sua obra, um prato cheio para pensadores e ativistas.

“Se existe alguém que pode machucar você, existe alguém que pode curar suas feridas.” – Souma Hatori, Fruits Basket.

“Pessoas que desobedecem as regras são a escória, isso é verdade, mas as pessoas que abandonam os amigos são piores que a escória.” – Kakashi, Naruto.

“Se eu fosse a chuva poderia eu me conectar ao coração de alguém assim como ela pode unir os eternamente separados terra e céu?” – Bleach (me lembrei da frase mais não do personagem ^^).

“Numa luta, fraco não é aquele que não sabe lutar, mas aquele que não tem determinação.” – Kuchiki Rukia, Bleach.

“Mesmo que não possa mais confiar em ninguém, confie em si mesmo e exploda.” – Kuchiki Rukia, Bleach.

“O que é um coração? Se eu cortar esse peito, eu poderei ve-lo lá dentro? Se eu destruir essa face eu poderei ve-lo lá dentro?” – Ulquiorra, Bleach.

A força feminina, o alienígena e o humano.

“Eu existo para lutar apenas por mim mesmo, amar somente a mim mesmo e matar todos além de mim.” – Gaara, Naruto.

“Está sendo corrompido por esse sentimento! Por favor coronel… não vá para onde eu não possa segui-lo…!” – Riza Hawkey.

“Se eu não empunhar a espada, não posso te proteger. Mas se eu empunhar a espada, não posso te abraçar.” – Ichigo, Bleach.

“Não acha que ser verdadeiro consigo mesmo seria uma forma de demonstrar força?” – Tamaki Suou, Ouran.

“Sonhos, ilusões, são tudo o que eu tenho. Se eu viver sem eles, não terei nada.” – Keitarô Urashima, Love Hina.

“Falsas lágrimas machucam aos outros… Falsos sorrisos machucam a si mesmo.” – Code Geass.

“Quem vive um dia morre e quem morre um dia renasce.” – Kikyou, InuYasha.

“Não importa quão boa seja a arma, ela é inútil se a mão que a empunha é fraca.” – Mifune, Soul Eater.

Nova arte do Coruja, essa figura lhe parece familiar? ^^

“Ei, Hachi… mesmo que as pessoas continuem machucando umas às outras… amar um ao outro não é desperdício.” – Nana Osaki, Nana.

”Eu tenho três filhos e nenhum dinheiro,porquê não posso ter nenhum filho e três dinheiros?” – Homer Jey Simpson, Os Simpsons.

“Tô mais quebrado que arroz de terceira, mas ainda te arrebento!” – Yosuke Urameshi, Yu-Yu Hakusho (no meio de uma luta).

“Armas não matam pessoas. Pessoas é que matam pessoas.” – Batman, O Cavaleiro de Gotan. Batman conversava com um outro justiceiro sobre o fato de o porque o Morcego com tantos recursos não usava armas de fogo.

“Agora que eu penso nisso, desistimos de uma vida para salvar outra… Acho que aquela foi a nossa primeira derrota.” – Takashi Komuro, Hight-School Of The Death.

“Não importa se são criminosos uma vida é uma vida.” – L, Death Note.

“Uma pessoa com o dom de matar não é abençoada e sim amaldiçoada.” – L, Death Note.

“Os indivíduos só são heróis quando não podem agir de outra maneira.
“Os heróis são responsáveis por tudo.
“Os heróis são aqueles que tornam magnífica uma vida que já não podem suportar.
“Os heróis proíbem que os choremos; só os fracos reclamam lágrimas. ” – Juramento do Verdadeiro Herói, Marvel.

Um clássico da década de 90, exibido na falecida Rede Manchete.

“Que a carne queime, que as ruas fiquem vermelhas com sangue, e que o universo uive em desespero, pois eu retornei.” – Darksied, Liga da Justiça Sem Limites.

“Porque eu nunca desisto? E porque eu tenho morceguinhos no sótão! HAAHAHA…” – Coringa, Batman – Asilo do Coringa.

“HULK…ESMAGAAAAA!!!!!!!!!” – Hulk, O Incrível Hulk. Outra celebre e clássica citação dos quadrinhos. Claro princípios de primitivismo na personalidade do verdão.

“Ele não e um heroi, ele e só um vigilante que aguenta ser caçado, mas essa cidade, deve tudo a ele.” – Gordon, Detective Comics. O detetive se referia a Batman.

“Eu sou o melhor no que faço. Mas o que eu faço não é muito agradável.” – Wolverine, Wolverine Origem.

“Quando uma pessoa olha para outra e em seu olhar renega a existência da outra, seu olhar se torna mais frio e mais terrível que uma tempestade no mais duro inverno.” – Sarutoby – Terceiro Hokage, Naruto. O Hokage falava sobre como uma pessoa excluída da sociedade se sente ao ver o olhar no rosto das pessoas que não a respeitam.

“Só o Sombra sabe o mal que se esconde nos corações dos homens!” – Sombra, O Sombra.

“Mesmo que morra em um buraco, um homem deve morrer caindo para frente.” – Sakamoto Ryoma, Kyoujin no Hoshi.

“Não importa o que o mundo diz de mim, o que importa é que eu nunca fiz nada que contrariasse os meus princípios e nunca farei.” – Zoro, One Piece.

“Não se mostra gratidão morrendo.” -Monkey D. Ruffy, One Piece.

Outra série aclamada é a CDZ, sendo a melhor fase (na minha opinião) a Saga Hades.

“Se a amizade é verdadeira, ela dura para sempre, não importa quanto tempo passamos juntos!” – Mr.2 Bon Clay, One Piece.

“Isto é o tipo de coisa que não deveria ser interrompida! Propósitos herdados, sonhos de uma pessoa, mudanças de uma época. Enquanto o ser humano continuar a buscar significado para a sua liberdade, ele não poderá ser calado… Jamais!” – Gol D. Roger, One Piece.

“A verdadeira arte resiste às gerações…” – Sasori, Naturo. (Você ainda acha que uma frase dessa é feita para crianças?)

“Pessoas se tornam fortes porque existem memórias que elas não esquecem.” – Tsunade, Naruto.

“Entre os mais fortes existem os que nasceram com um dom, e aqueles que trabalharam duro… E eu sou um dos que trabalhou duro!” – Rock Lee, Naruto.

“Quando uma pessoa tem alguém a quem quer proteger, então se torna verdadeiramente forte…” – Haku, Naruto.

“Ter um sonho que se torna realidade, e estar feliz, são coisas diferentes.” – Oosaki Nana, Nana.

“A arte é a “beleza eterna” algo que dure para sempre se mantendo permanente, dessa forma se torna verdadeiramente bela apenas por meio do tempo” – Sasori, Naruto.

“Hakuna Matata!” – Timão e Pumba. (Hehehe não resisti ^^)

“Buwaahahahaha!!!” – Don, Bleach.

“Esse rancor será levado comigo para o inferno. Nós vingaremos os seu rancor. Quer saber como é a morte? Seu pedido será atendido.” – Jigoku no Shoujo, Hell Girl.

“Por puro capricho eu não te matei daquela vez e por puro capricho vou te matar agora…” – Sasuke Uchiha, Naruto. (Adimita, se não tivesse o nome do personagem e do anime você poderia jurar que é uma citação shakespeariana.)

“Se o mundo vira as costas para você, você vira as costas para o mundo.” – Timão, O Rei Leão.

“A luta acabou mas enquanto ele continuar vivendo ele terá que lutar, pois nunca irá abandonar a luta.” – Chupa-Cabra (também conhecido como Diabo, Trapizomba ou Jorge) no final de Yu-Yu Hakusho.

“As pessoas sempre tentam manter uma fachada em público, mas aqui jaz a mentira deles.[…] Todos tentam ignorar a minha existência […] mas no seu intimo, aqueles de consciência limpa torcem por mim.” – Yagami Raito, Death Note.

“A arte é um estouro! ” – Deidara (Naruto). (é mais engraçado quando você sabe que quem diz isso é uma maníaco que faz esculturas com argila que explodem.

“Transformar o simples em complicado é fácil, porém transformar o complicado em simples exige criatividade.” – Edward Elrik, Fullmetal Alchemist.

“Vocês só dão importância a si mesmos. Acham que podem adiar a morte. Vocês se iludem com essa frívola paz. Quando se mata alguém, você assina sua própria sentença de morte. O ódio é a corrente que liga vocês.” – Nagato/Pain, Naruto.

“Eu sou um homem-santo, o mais próximo de Deus. A única diferença ente eu e Deus é que Deus é misericordioso. A não ser que lhe poupando de todo os sofrimentos desse mundo não seja também um ato de misericórdia.” – Shaka de Virgem, Cavaleiros do Zodíaco. Shaka prestes a matar algumas pessoas.

“Humanidade não tema, com os Autobots não há problema.” – Bambo Bi, Tranformers.

“O povo da significado ao símbolo, em significado um símbolo não é nada.” – V, V de Vingança.

“A mente verdadeira pode lidar com a mentira e a ilusão sem se perder. O coração verdadeiro pode suportar o veneno do ódio sem sofrer danos.” – Tartaruga-Leão, Avatar – A lenda de Aang.

“Se o kriptoniano ou a amazona fizessem o seu jogo, eles teriam falhado. Porque não têm convicção para destruir o planeta inteiro para obter sucesso. Mas você? Um humano? Vocês matam a sua própria espécie para vencer batalhas. Uma qualidade louvável.” – Darkseid para Batman, em Superman & Batman – Apocalypse, quando o Morcego, com seu intelecto, consegue o que nem o Homem de Aço nem Dianna conseguiriam com superforça e superpoderes! – É inegável as possibilidades de debate e reflexão sobre essa frase, e ainda tem gente que diz que não se aprende nada no mundo dos desenhos. ¬¬’

Espero que tenham gostado, só me lembrei dessas. ^^

SUGESTÃO: Aqui fica um dica, relacionei áreas de estudo com uma opção de leitura de quadrinhos.

Química ou Física – Quarteto Fantástico.
Psicologia ou Letras – Watchmen.
Sociologia ou Filosofia – X-Men ou V de Vingança.

HQ – Nossos Traços

O mundo dos quadrinhos vem sofrendo grandes mudanças na última década, a ascensão dos mangás (quadrinhos japoneses), os novos nouvelles (quadrinhos online e independentes), as tentativas de grandes estúdios como a DC de “recriara” sua própria historia e personagens e ontem a noite a lamentável noticia da morte de Jerry Robinson o criador do Coringa (Jocker) um dos vilões mais famosos de todos os tempos.

A melhor versão do vilão até hoje.

Oficialmente se adotou o Yellow Kid do norte-americano Richard Outcault, de 1895, como marco zero para se contar a história das histórias em quadrinhos do mundo. Mas manifestações anteriores podem ser encontradas em várias partes do mundo. No Brasil, o ano era 1869 e o ítalo-brasileiro Ângelo Agostini levava para as revistas e jornais da época seus personagens em diversas situações de humor e aventura com “As aventuras de Nhô-Quim e Zé Caipora”. Em homenagem a este pioneiro da Arte Seqüencial brazuca foi criado o dia do Quadrinho Nacional e anualmente esta data trás consigo um festejo aliado à vontade de reconfigurar o cenário da produção brasileira em algo mais sólido e substancial. Para aqueles que tem paixão pelo tema, recomendo uma prazerosa e rica leitura do livro Literatura da Imagem. Esse livro não é tão fácil de encontrar, paras os sortudos que encontrarem um dica: Compre um cofre!
Literatura da Imagem (Salvat), organizado por Román Gubern, um conhecido estudioso espanhol das HQs. Literatura da ImagemO volume compõe a coleção Biblioteca Grandes Temas, traduzida do espanhol e era, até poucos anos, o mais bem produzido livro sobre quadrinhos já publicado no país. Papel couchéde qualidade, impressão em cores belíssimas e capa dura plastificada valorizavam um conteúdo rico em informações e profusamente ilustrado. Há algumas incorreções, mas que, de modo geral, não chegam a comprometer a qualidade do produto final.Pela lista acima é fácil notar que, por muitos anos, o mercado careceu de livros sobre quadrinhos. Que os bons ventos que passaram a soprar a partir de 2004 continuem com toda força, pois só assim conseguiremos diminuir, aos poucos, essa carência bibliográfica sobre a arte seqüencial.

Neste dia, em que os Quadrinhos tornam-se foco de atenção, é importante lembrar a riqueza de gêneros, estilos e a segmentação que essa forma de arte assume com material direcionado a públicos de distintas faixas etárias e econômicas.
Mesmo perdendo espaço na mídia impressa, com os jornais trocando a seção de quadrinhos por anúncios ou fofocas de artistas, a Arte Sequencial vai ganhando espaços seja no cinema, nas livrarias ou na internet. É impossível ignorar a força que os personagens de quadrinhos ganharam no mundo da cultura pop, desde jargões antigos comuns “brucutu” e “imprensa marrom” às modernas discussões sobre multiversos, clonagens e mutações genéticas (temas antigos para os aventureiros dos quadrinhos).
Ângelo Agostini era pintor, desenhista, crítico de arte e, porque não dizer, crítico social. Em seu traço marcante retratava a vida nos tempos do Segundo Império e da embrionária República. O Quadrinho Nacional mantém ligações estreitas com a hoje histórica produção de Agostini, seja no caráter de crítica social, hoje abraçado pelas Charges, seja no traço rebuscado que encontra reflexo nas ilustrações, seja nas narrativas de aventura presente na produção dos quadrinhos modernos. Comemoramos o dia 30 de janeiro em homenagem a um autor que foi criativo e versátil antecipando o que hoje é necessário àqueles que resolvem abraçar o quadrinho como expressão artística. Mais que um dia dedicado aos Quadrinhos é, este, um dia dedicado ao Quadrinho NACIONAL com todas as suas dificuldades de produção e veiculação, com toda a concorrência desleal com os enlatados japoneses, norte-americanos ou europeus. Não é a questão de destratar as republicações estrangeiras, mas é de observar que há artistas e há produção nacional resistindo seja ela manifestada nos sucessos editoriais de Maurício de Souza, Angeli, Laerte, Laudo, André Diniz seja na humilde mas incansável produção independente. Seja veiculada em fanzines, internet, álbuns de luxo ou revistas de linhas o dia 30 de Janeiro é o dia de lembrar que a produção Nacional existe e precisa ser vista!

Evento no Ceará

Talvez um dos maiores artistas do estado do Ceará, Hermínio Macedo Castelo Branco, o Mino, também é um profissional em vários outros ofícios. No entanto, para o humor ele possui um empenho quase divino, alcançando o riso existente no coração da pessoa mais sisuda, atingindo o próximo com sua graça inteligente sem esforço algum, em um labor humorístico quase papal.

A Gibiteca de Fortaleza e o Fórum de Quadrinhos do Ceará tem enorme alegria e honra em receber esse ilustre artista no dia 17 de dezembro, às 14.30, para um bate-papo sobre sua carreira, ideias e projetos futuros.

Não perca a oportunidade!

Quer saber mais sobre o Mino? Então acesse: Laboratório Espacial!

No Dia do Quadrinho Nacional tem GIBIARTE 2012

 Enquanto Janeiro não chega vamos relembrar as artes que integraram a exposição digital montada com a produção após o GIBIARTE 2010.
 http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=H6iSfmP3tBs

Idealizado por João Belo Jr, o Gibiarte é um encontro de produção onde artistas e apreciadores de desenho convidam o público a soltar o traço. Realizado durante o DQN (Dia do Quadrinho Nacional) o evento promove a integração e promove uma exposição interativa onde as artes vão sendo produzidas e expostas em seguida. As artes estão compiladas no arquivo da Gibiteca de Fortaleza para futuras referencias e como registro artístico da comemoração do Dia do Quadrinho Nacional em Fortaleza.

OBS: Material originalmente publicada no site http://www.armagem.com e http://fqce.blogspot.com
Com algumas adaptações, acréscimos e correções.

Tá velho mas vai durar muuuito.

Navegação de Posts